Notícias

5ª Ciranda de Filmes começa amanhã em São Paulo

De 23 a 26 de maio, o Espaço Itaú de Cinema Augusta recebe a 5ª Ciranda de Filmes. Com a proposta de refletir a conexão do ser humano com diversos segmentos de cultura e educação, são mais de 70 títulos selecionados para esta edição, que conta ainda com várias atividades paralelas, como oficinas e bate-papos.

Entre os filmes selecionados, está Amazônia Groove, de Bruno Murtinho, que recentemente ganhou o prêmio de fotografia no festival SXSW. A Tuba to Cuba, de T.G. Herrington e Danny Clinch; Esteban, de Jonal Cosculluela; Kinders, de Arash T. Riahi e Arman T. Riani; Listen to the silence, de Marian Chachia; Mantra, sounds into silence, de Georgia Wyss e Wari OM; In Pursuit of silence, de Patrick Shen, e School Life, de David Rane e Neasa Ní Chianáin também fazem parte da seleção.

As curadoras Fernanda Heinz e Patrícia Durães destacaram a presença da música em todos os curtas, médias e longas-metragens selecionados. Além dos filmes citados, todos inéditos no Brasil, várias revisões serão possíveis na programação, como As Canções, de Eduardo Coutinho; Nelson Freire, de João Moreira Salles; A Pessoa é Para o Que Nasce, de Roberto Berliner; Tropicália, de Marcelo Machado; Violeta foi para o céu, de Andrés Wood; As Hiper Mulheres, de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro, Palavra (En)Cantada, de Helena Solberg, além de vários curtas, com destaque para o clássico A Velha a Fiar, de Humberto Mauro.

Como o objetivo da 5ª Ciranda de Filmes é fazer com que o público reflita como a música pode influenciar no bem-estar e na saúde, ao longo do evento, vivência e conversas musicais trazem profissionais de diversas áreas para falar sobre a música e sua importância na inclusão social, no ensino e no desenvolvimento da criança e do jovem.

Oficinas completam a programação. Entre elas: saúde e bem-estar através do ritmo; critérios e procedimentos da crítica cinematográfica e um amplo panorama do universo das trilha originais compostas para o cinema, ministradas por Gustavo Gitti, Sérgio Rizzo e Tony Berchmans.

As atividades acontecem no Espaço Itaú de Cinema Augusta, que conta com uma decoração temática especial para o evento. O local oferecerá ao público um coreto com fones de ouvidos e várias playlists para quem deseja meditar ou ouvir boa música, sons da natureza e cirandar com canções infantis.

Confira algumas das atividades paralelas:

Vivências

Partilha de experiências de ensino musical
Vivência de Teca Brito e Roseli Novak na educação musical infantil
Teca Brito é doutora e mestre em comunicação e semiótica pela PUC-SP e bacharel em piano com licenciatura em educação artística com habilitação em música. *Roseli Novak é educadora musical, mestre em semiótica e linguística pela FFLCH-USP e desenvolve semiótica aplicada à canção infantil. Nessa vivência, Teca e Roseli farão reflexões teóricas e sugestões práticas de caminhos da educação musical para crianças, além de propor uma troca de experiências com professores convidados da rede pública e do projeto Guri, que também apresentarão seus trabalhos.

Cantos, danças e ritmos indígenas
Vivência do Toré com Wyanã Uiá e integrantes da Nação Kariri Xocó
Wyanã e outros representantes do povo Kariri-Xocó de Alagoas, mostrarão os cantos e os ritmos do Toré, o conjunto de sons, cantos e danças sagradas desse povo. Wyanã é índio nascido na Aldeia Kariri Xocó, em Porto Real do Colégio, Alagoas, cresceu entre os mestres de canto de sua família sempre cantando os Torés. Aos 26 anos de idade começou a fazer seus cantos de reza, meditação e despertar do ser. Flakoxós, seu primeiro álbum, reúne seus cantos autorais.

Conversas Musicais

Cantos da Floresta
Conversa musical com Magda Pucci e Berenice de Almeida
Magda Pucci é musicista, pesquisadora, graduada em regência pela ECA-USP, diretora do grupo Mawaca, que recria músicas de diferentes tradições do mundo. *Berenice de Almeida é graduada em licenciatura em música e mestre em processos de criação Musical pela ECA-USP. Na conversa com o público, Magda e Berenice pretendem fazer uma aproximação das culturas indígenas com enfoque na música, desmistificando a ideia de que toda cultura indígena é igual.

Música da cultura infantil
Conversa musical com Lydia Hortélio
A educadora, musicista e pesquisadora da cultura da infância*Lydia Hortélio, é referência no ensino da música para crianças. Neste encontro, ela propõe refletir sobre as formas diversas de educação musical pautadas na cultura popular brasileira, em especial na cultura da infância.

Conversa com o piano
Conversa musical com Benjamin Taubkin ao piano
Pianista, arranjador, compositor, curador e produtor musical, *Benjamin Taubkin vai conversar com o público sobre o conceito musical para vários tipos de arte, em especial para o cinema.

A musicalidade e os ritmos afro-brasileiros
Conversa Musical com Tião Carvalho e convidados
Nascido em Cururupu, interior do Maranhão, o músico, cantor, compositor, dançarino, brincante, capoeirista e educador *Tião Carvalho, vai falar de suas raízes e de como cresceu imerso nas festividades populares Tambor de Crioula, Capoeira, Bumba meu boi, Samba de roda, choro e muitas outras. Mestre da cultura popular, Tião costuma dizer que suas referências musicais vêm desde a barriga da mãe, pois tudo já existia e o que ele fez foi nascer.

Sessões especiais

Listen to the silence, de Marian Chachia
Após a exibição do longa, bate-papo com o médico neurologista, músico e compositor, com mestrado e doutorado em neurociências pela Unifesp, Dr. Mauro Muskat, que é também orientador em mestrado e doutorado no Programa de Educação e saúde da infância e adolescência, além de atuar como coordenador do Núcleo de Atendimento Neuropsicológico Interdisciplinar infantil.

O Garoto, de Charles Chaplin (1921)
Durante a exibição do filme, o compositor e produtor musical Tony Berchmans, improvisará uma trilha sonora ao vivo, ao piano.

Mantra, sounds into silence, de Georgia Wyss e Wari OM
Após a exibição do filme, bate-papo com a neurologista *Fátima Caldas, diretora do Instituto de Gestalt de Vanguarda Claudio Naranjo. A Dra. Fátima Caldas fará reflexões sobre a música como veículo de autoconhecimento, liberação e expressão da viagem interior.

O Piano que Conversa, de Marcelo Machado
Após a exibição, bate-papo com o diretor do filme Marcelo Machado e com o pianista Benjamin Taubkin.

Programa comKids
O comKids é uma iniciativa que promove e premia produções de qualidade da América Latina. A parceria com a Ciranda de Filmes proporciona a exibição do curta João, o galo desregulado, de Alê Camargo e Camila Corrosine, com canção de Helio Ziskind. Haverá também uma seleção de curtas, em linguagem universal, sem diálogos, onde imagens e sons conduzem a narrativa. A curadoria desse programa é do Ricardo Casas, diretor do Divercine – Festival Internacional de Cine para Niños y Jóvenes, do qual o comKids é subsede.

Mais detalhes sobre a programação podem ser encontrados no site do evento [http://cirandadefilmes.com.br/br/pag/oficina-a-musica-do-filme-2019]. Para conferir a programação completa, por dia, clique aqui [http://cirandadefilmes.com.br/br/_downloads/programacao-ciranda-2019.pdf].

Em agosto, a 5ª Ciranda de Filmes tem itinerância para Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre.

SERVIÇO
5ª Ciranda de Filmes
De 23 a 26 de maio
Espaço Itaú de Cinema Augusta
Rua Augusta, 1475
Entrada gratuita

Redação

O Cenas de Cinema é um veículo informal e divertido que tem como principal objetivo divulgar a sétima arte, com críticas, notícias, listas e matérias especiais
Botão Voltar ao topo
Fechar