Série em Cenas

Ratched

( Ratched, EUA, 2020-)
Drama, Crime, Mistério
Criador: Ryan Murphy, Evan Romansky
Temporada: 1-
Elenco: Sarah Paulson, Finn Wittrock, Cynthia Nixon, Sharon Stone, Sophie Okonedo
Duração média: 55 min.
Canal Netflix
Onde ver: Netflix

As doenças psiquiátricas herdaram o estigma de maldição religiosa da lepra, assim como, toda constante busca de exclusão e confinamento que vale conhecer mais lendo A História da Loucura do Foucault, que traz também as cargas simbólicas acumuladas nos tempos. Ratched da Netflix traz um recorte sádico que nos faz questionar sanidade, perigo e nossa própria capacidade de julgamento de caráter. Afinal de contas, o que é ser normal?

A série causou frisson por ser do Ryan Murphy e por apresentar a história por trás da enfermeira repugnante que agarramos ranço junto com o Jack Nicholson em Um Estranho no Ninho. Mas aí que tem que o ponto de conflito: Ryan Murphy tem um ritmo e um formato estético particular de contar, ele demora para aprofundar, vai dando voltas, dicas, cruzando as coisas… tudo lindo, com luxo, cenário, estética, paleta de cores que impressiona, fotografia de por na parede, elenco impecável, e cenas chocantes em cada episódio. 

Ratched

Mildred Ratched (Sarah Paulson) é uma personagem no mínimo intrigante, apesar de (ou exatamente pelo fato de) já a conhecermos de outros carnavais e já termos um sentimento muito bem estabelecido sobre ela, ao longo dos episódios nos entrega uma série de novas impressões, informações e sentimentos. Mulher independente e muito confiante no ano de 1947, ela além de sádica e manipuladora, tem uma inteligência e um senso de justiça que impressionam e que a fazem passar por um processo de auto descoberta e transformação bem legal. Será que dá para mudar de de ideia sobre ela?

Outros personagens dão o peso argumentativo no hospital psiquiátrico palco da trama: o médico com técnicas no mínimo questionáveis, o corpo de enfermagem que fazem loucuras por amor e por piedade e a peça mais maravilhosa que causa o maior rebuliço em um determinado momento. A crítica vai do sistema manicomial ao sadismo político que se vale de tudo isso por interesses de poder.

Ratched

A psiquiatria demorou para ser encarada como uma ciência. De Pinel e Tuke até o retrato da série e algumas amostras vistas até hoje, os tratamentos, além de se apresentarem quase sempre experimentais, em geral se aproximam da punição e tentativa do condicionamento de aversão que de fato a construção de um conhecimento mais profundo de sintomas, suas causas e a melhor forma de lidar não apenas com quem está sofrendo, mas também com o seu ambiente. 

Para quem está forte dos nervos, gosta de conteúdo distribuído para explicar e chocante para surpreender, Ratched é uma boa pedida com cores e luzes lindas, Sharon Stone magnífica e o “esclarecimento” como o grande vilão por apenas acentuar os sintomas que moldam nossa ordem social sem permitir encarar a verdade parecendo não querer garantir a real liberdade.

O Melhor Episódio
T01E07 – A lista

Ver “Ratched” na Netflix

Série em Cenas

Soraya Lopes

Gerente de projeto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo