Notícias

Adeus a Suzana Amaral

Faleceu hoje (25), em São Paulo, a cineasta Suzana Amaral. A diretora, uma das poucas que conseguiu realizar filmes em um cinema tão machista quanto o brasileiro, não tem uma vasta filmografia, mas dirigiu filmes marcantes.

Entre eles está A Hora da Estrela, inspirado no livro de Clarice Lispector e com Marcélia Cartaxo no papel de Macabéia, concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Berlim e saiu da Alemanha com o Urso de Prata de melhor atriz. O filme também foi o grande vencedor no Festival de Havana e ganhou vários Candangos no Festival de Brasília de 1985.

Suzana Amaral dirigiu ainda os longas Uma Vida em Segredo e Hotel Atlântico, e a minissérie Procura-se.

Segundo informações da família, a causa da morte não está relacionada com Covid-19. Suzana deixa 9 filhos e 20 netos.

A diretora Suzana Amaral

Redação

O Cenas de Cinema é um veículo informal e divertido que tem como principal objetivo divulgar a sétima arte, com críticas, notícias, listas e matérias especiais
Botão Voltar ao topo
Fechar