Críticas

A Origem do Sabor

Um mergulho em profundas marcas sociais e fortes traços culturais

(Flavorful Origin, CHN, 2019)
  • Gênero: Documentário
  • Criador: Chen Xiaoqing
  • Canal: Netflix
  • Temporadas: 3
  • Duração: 13 minutos

Em tempos de adversidade e bonanza nos reinventamos e aprendemos novas possibilidades para compor nosso repertório de sobrevivência, e a gastronomia é a arte que viabiliza a subsistência e o requinte, se transformando a cada necessidade. A Origem do Sabor, disponível na Netflix, é muito mais que receitas e histórias, é um mergulho em profundas marcas sociais e fortes traços culturais que misturam e apuram, se evidenciando de forma divina nos pratos de diferentes regiões da China.

Cada temporada explora uma região chinesa, e cada episódio traz um ingrediente que se transforma em um ou vários pratos, com diferentes sabores, texturas, aplicações e formas de consumo. Não espere receitas e preparos, os poucos minutos são muito bem usados para contar desde como são produzidos, de onde surgiram, como são preparados e consumidos. 

Chaoshan é uma área que compreende três cidades (Shantou, Jieyang e Chaozhou) e se localiza no sudeste da China e tem seu alimento bastante ligado à forma de conservação e frutos do mar. Yunnan não tem litoral e fica nas alturas da parte sudoeste, com origem que precede século III antes de Cristo chegou a testemunhar e abrigar dinastias de imperadores, seus pratos mostram doces, decorações e defumações. Gansu está na porção noroeste, mais árida, e sua história já ultrapassa 5 mil anos, sua relação com os animais é particular.

Não é apenas todas as partes dos animais que são perfeitamente aproveitadas para se comer ou para outros itens, plantas tem suas flores, óleos, caules e raízes transformados em iguarias que são preparados e consumidos em família. Um destaque para o lírio, laticínios e vísceras. Para quem tem sensibilidade com imagens, vale pular alguns episódios. 

Os diferentes sabores se originam no tempo, na parte, na mistura, no esforço e no calor. Pouco se vê de sal ou outros temperos que estamos acostumados, mas o cheiro e o gosto pode se aproximar (em alguns casos, outros não temos pistas de tão diferente) dos nossos sentidos apenas pelas imagens: alimentos frescos, recém abatidos ou colhidos, ou curados em conserva de anos. 

Para fugir totalmente da rotina, seja de formato, seja de língua e sobretudo de receitas. Para aprender uma cultura muito diferente da nossa, mas que nos trouxe muito do que somos hoje, degustando com boa trilha, narração bacana e captações de tirar o fôlego. E para ver o conceito xepa com outros olhos, mais sustentáveis e que valorizam o sabor e a coletividade.

O Melhor Episódio:

T02E06 – Picles

Ver “A Origem do Sabor” na Netflix

Série em Cenas

Soraya Lopes

Gerente de projeto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo