Crítica | FestivalMostra SPnotas

Arcadia

36ª MostraDrama
Direção: Olivia Silver
Elenco: Ryan Simpkins, John Hawkes, Kendall Toole, Ty Simpkins, Julia Campbell
Roteiro: Olivia Silver
Duração: 91 min.
Nota: 5 ★★★★★☆☆☆☆☆
(Arcadia, EUA, 2012)

Tom está de mudança com sua família para a cidade de Arcadia, na Califórnia. Ele viaja com os três filhos e leva na bagagem, além de todos os pertences, os sonhos de uma vida mais promissora numa Califórnia descrita como paradisíaca para eles e um segredo.

Vencedor do Urso de Cristal de melhor filme sobre jovens e crianças no Festival de Berlim de 2012, Arcadia, dirigido e roteirizado por Olivia Silver, é focado em Greta, uma garota que está entrando na adolescência, deslocada em seu próprio mundo. A viagem dentro de um carro apertado a um lugar longínquo e desconhecido assemelham-se ao medo, insegurança e desconforto que vêm com essa fase da vida.

Arcadia demora a engrenar, é bem arrastado e não traz nada de diferente do que já tenhamos visto em diversos filmes que compartilham da mesma temática. O que vale mesmo a pena são as atuações dos irmãos, no filme e na vida real, Ryan Simpkins (Greta) e Ty Simpkins (Nat). Afinadíssimos, eles são os responsáveis pelas melhores passagens do filme.

Um Grande Momento

Greta e o lençol.

Links

IMDb [youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fFvK4fGgyX8[/youtube]

Mila Ramos

“Soteropaulistana”, publicitária, amante das artes, tecnologia e sorvete de chocolate. O amor pela Sétima Arte nasceu ainda criança, quando o seu pai a convidava para assistir ao Corujão nas noites insones. Apaixona-se todos os dias e acredita que o cinema é capaz de nos transportar a lugares nunca antes visitados. Escreve também no Cartões de viagens imaginárias.
Botão Voltar ao topo