Crítica | Streaming

Caçadores de Dragões

Visto em DVD(Chasseurs de dragons, FRA/ALE/LUX, 2008)

Aventura/Animação/Infantil

Direção: Guillaume Ivernel, Arthur Qwak

Roteiro: Frédéric Lenoir, Arthur Qwak

Duração: 80 min.

Minha nota: 8/10

Nota do Digo: 9/10

Nota da Dani: 8/10

É claro que animações são sempre bem-vindas por essas bandas de cá. Ainda mais com criança doente em casa. Se contar histórias de piratas, espadachins e dragões então, está bem mais perto de fazer muito sucesso.

Depois de uma passagem meteórica pelos cinemas daqui, o único jeito de conferir o filme foi aguardar sua chegada nas locadoras. Assim que viu a fita Rodrigo já cobrou a locação e com ele em casa não pude adiar mais.

Com uma animação superior, no mesmo nível de gigantes como Pixar e Dreamworks, e um roteiro maravilhoso que não se apressa e nem perde boas oportunidades de envolver o público, a obra é daquelas que conquista completamente quem a assiste.

Um velho caçador de dragões passa os dias esperando o retorno de seus cavaleiros e a morte do pior dragão de todos os tempos, que mora no fim do mundo e só trouxe infelicidade para a Terra. Uma sobrinha tagarela mora com ele e depois de ler várias vezes a história do Cavaleiro Gótico, sonha em participar de uma jornada de verdade.

A “solução” para o problema chega através de dois trapaceiros que fingem ser experientes caçadores de dragões para o velho cego e que depois de receber um adiantamento partem para o fim do mundo a fim de derrotar o velho dragão.

Os personagens são todos muito bem estruturados. Enquanto Gwizdo é ranzinza e mentiroso, seu companheiro Lian-Chu é bondoso e dedicado. A pequena e fofa Zoé e um estranho cachorrinho-coelho-dragão completam a trupe de aventureiros.

A boa história porém não é apreciada pelas crianças de todas as idades. O filme pode ser pesado demais para os pequeninos e impressioná-los mais do que deveria. Enquanto algumas passagens são lindas e animadas, outras são tristes e cruéis.

O mundo criado para o desenho é sensacional, principalmente quando chegamos às terras do dragão malvadão, que mistura vários elementos de civilizações perdidas.

Obrigatório para aqueles que gostam de aventuras, animações e histórias de dragões.

Um Grande Momento

A promessa de Gwizdo à Zoé.



Links

Imdb

Cine Pop

 

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

5 Comentários

  1. Meus amigos queridos!

    Não deixem mesmo de conferir o filme. Foi uma das melhores surpresas animadas que tive este ano!

    E para todos vocês um feliz natal! Tudo de bom nesta noite maravilhosa!

    Beijocas para os quatro!

  2. Cecília, meu irmão assistiu e disse que é animação de excelente qualidade! Assim que puder, verei.

    Um lindo Natal pra vc e sua família! E um 2009 iluminado!

    Beijos.

  3. Não vi o filme ainda… deve ser divertido vê com os filhotes hein?

    Feliz Nataaal!! tudo de bom!

  4. Parece se bem interessante mesmo…

    Cecília… feliz natal e tudo de bom pra vc. Obrigado por acompanhar meu blog durante este ano de 2008.

    abraços

Botão Voltar ao topo