O VI Festival TUDO SOBRE MULHERES, que acontece de 5 a 9 de setembro na Chapada de Guimarães (MT), divulgou os curtas selecionados para esta edição. Foram escolhidos 32 filmes, dentre 257 inscritos de todo Brasil.

Com curadoria de Aline Wendpap, Danielle Bertolini e Fernanda Solon, o festival tem como objetivo estimular a produção audiovisual que aborde a questão da mulher, não importando o gênero dos realizadores. “Após um período sem festival, a transformação foi muita – agora os filmes chegam pelas nuvens e não mais em DVD pelos correios, tudo está definitivamente digital, evoluiu. Por outro lado, a questão de gênero também se modificou neste período, e percebo que agora temos muito mais o que reivindicar e lutar – por equidade, por salários compatíveis, contra a violência, o feminicídio, pelo direito de viver nossos corpos e sexualidade como julgarmos que seja o melhor para nós”, afirma Danielle.

A categoria melhor filme será premiada pela O2 Play e pela O2 Pós com o encode do curta vencedor e um longa-metragem produzido pela produtora ou diretor(a) ganhador(a) do festival para as plataformas de streaming (NOW*, iTunes, Google Play e Vivo Play). O Prêmio CiaRio ao Melhor Curta-Metragem, Média-Metragem e Documentário consistirá em locação de equipamentos de Iluminação, acessórios e maquinaria; os premiados nas categorias “Melhor Filme da Região CONNE (Norte, Nordeste e Centro-Oeste)”, “Melhor Filme SP/RJ” e “Melhor filme da Região FAMES (MG, ES, Região Sul)” ganharão serviços de pós-produção pelo Mistika, de som pelo Estúdio MIX e consultoria sobre direitos autorais e contratos; já a Academia Internacional de Cinema dará o prêmio na categoria “Melhor Filme Universitário”, que consistirá numa bolsa de estudos no curso de documentário e, por fim, a Elo Company selecionará um curta-metragem para representar comercialmente no âmbito nacional e internacional pelo período de 18 meses.

O Espírito do Bosque, de Carla Saavedra Brychcy

A programação traz também o curso “Teoria Geral de Séries”, ministrado por Julia Priolli (FOX Brasil). Roteirista da série de comédia “Lili, a Ex”, atualmente no ar no canal GNT, além de escrever diversos roteiros de séries que estão em etapa de desenvolvimento ou produção para outros canais, Julia quer apresentar os fundamentos da dramaturgia clássica, expondo como ela evolui até as séries de televisão da contemporaneidade.

“Estou preparando este curso sobre a televisão e vou explicar todos os gêneros das séries, como também falar dos primórdios da TV americana, as primeiras sitcons, até tudo o que a gente tem hoje”, explica Julia. “Vamos falar também das séries feministas porque as mulheres ganharam um protagonismo feminino nos últimos anos”, complementa.

Mais informações no site do festival.

Confira a lista de filmes selecionados:

A Gente Nasce Só de Mãe (MT), de Caru Roelis
A Horta (SP), de Carla Leoni e Richard Dantas
A Passagem do Cometa (SP), de Juliana Rojas
Bodas de Papel (MA), de Keyci Martins e Breno Nina
Braços Vazios (ES), de Daiana Rocha
DEMÔNIA – Melodrama em 3 Atos (SP), de Fernanda Chicolet e Cainan Baladez
Divina Luz (ES), de Ricardo Sá
Embaraço (SP), de Mirtes Agda Santana
Entremarés (PE), de Anna Andrade
Estamos Todos Aqui (SP), de Rafael Mellim e Chico Santos
(EX)POSTA (SP), de Ana Julia Carvalheiro Costa
Impermeável Pavio Curto (MG), de Higor Gomes
Justa Causa (BA), de Carol Silvério
Kris Bronze (GO), de Larry Machado
Majur (MT), de Rafael Irineu
Meninas (SP), de Carla Gallo
Mercadoria (RJ), de Carla Villa-Lobos
Mini Miss (PE), de Rachel Daisy Ellis
Mulheres de Linha (GO), de Maria Fernanda Miranda e Paulo G.C Miranda
O Espírito do Bosque (SP), de Carla Saavedra Brychcy
Peripatético (SP), de Jessica Queiroz
Pés de Anta, As Cineastas Munduruku (AM), de Kátia Brasil
Rainha (RJ), de Sabrina Fidalgo
Rio das Lágrimas Secas (ES), de Saskia Sá
Silêncio (SP), de Bianca Rêgo
Simbiose (PE), de Júlia Morim
Tetê (SP), de Clara Lazarim
Tia Ciata (RJ), de Mariana Campos e Raquel Beatriz
Um Corpo Feminino (RS), de Thais Fernandes
Vaca Profana (SP), de René Guerra
Vênus – Filó a fadinha lésbica (MG), de Sávio Leite
ViajoSola (PR), de Hanna Esperança