(Fences, EUA, 2016)
Drama
Direção: Denzel Washington
Elenco: Denzel Washington, Viola Davis, Stephen Henderson, Jovan Adepo, Russell Hornsby, Mykelti Williamson, Saniyya Sidney
Roteiro: August Wilson (peça)
Duração: 139 min.
Nota: 7 ★★★★★★★☆☆☆

Um Limite Entre Nós foi um dos nove filmes da lista de candidatos ao Oscar de Melhor Filme em 2017. A obra é uma adaptação da peça teatral da Broadway Fences, que ganhou diversos prêmios, incluindo o Pulitzer em 1987.

A história é passada nos anos 50 e gira em torno de Troy Maxson (Denzel Washington) e sua família. O personagem principal trabalha como gari em um caminhão lixo ao lado do seu amigo Bono (Stephen Henderson). É casado com Rose (Viola Davis) e tem dois filhos: Lyons (Russell Hornsby) e Cory (Jovan Adepo). Além disso, é o responsável pelo irmão mais novo, Gabriel (Mykelti Williamson), que voltou da guerra com problemas mentais.

Apesar de ter concorrido ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, a história de Um Limite Entre Nós não traz nada que já não se tenha visto em filmes com temáticas similares. Basta dizer que Troy é um patriarca autoritário, que impõe a forma como sua família deve agir sem aceitar nenhum comportamento que seja divergente do seu ponto de vista. Utiliza-se de diversos jargões e jogadas de beisebol nos momentos em que precisa contar uma história ou aplicar alguma lição de moral, deixando clara toda a frustração que carrega por não ter tido uma carreira bem-sucedida neste esporte.

Aliás, é esta a forma como Troy vive, frustrado e ressentido, como se o mundo devesse algo a ele. A forma impositiva é a única que conhece para lidar com seus problemas e com isso vai criando um abismo, ou como diz o título, um limite entre ele e a sua família. Porém, as relações familiares são delicadas e os sentimentos de amor e afeto não ficam assim tão delimitados dos comportamentos abusivos do protagonista neste filme.

Se o roteiro baseado na obra do dramaturgo August Wilson não inova no tema, a força dos seus diálogos acaba compensando essa falta. Para completar, os nomes de Viola Davis e Denzel Washington no elenco fazem com que Um Limite Entre Nós seja um filme interessante de se ver. Os embates entre os personagens, principalmente entre o casal Troy e Rose, são carregados de intensidade, evidenciado o excelente trabalho dos atores.

Isso prova que as indicações da dupla de atores para as diversas premiações da temporada não foram à toa. Mesmo não ganhando o Oscar e nem o Golden Globe, Denzel Washington, que também é diretor e produtor do filme, acabou sendo premiado pelo Sindicato dos Atores pela atuação. Já Viola Davis, finalmente levou o seu primeiro Oscar como atriz coadjuvante, mesmo tendo vivido um papel de protagonista. O mesmo aconteceu com o Globo de Ouro e o SAG Awards, entre outros prêmios. Além disso, ela se tornou a primeira atriz negra a ganhar a chamada “Tríplice Coroa de Atuação” (Triple Crown of Acting) por ter sido premiada com um Tony, Emmy e Oscar.

Mesmo deixando em alguns momentos a sensação de que estão em um palco encenando uma peça e não em uma produção cinematográfica, Um Limite Entre Nós é a prova de que excelentes atores podem fazer com que um filme seja melhor do que ele deveria ser.

Um Grande Momento:
Desabafo de Rose.

Links

No IMDb