Série em Cenas

Bom Dia, Verônica

( Bom dia Verônica, Brasil, 2020-)
Suspense
Criador: Raphael Montes, Ilana Casoy
Temporada: 1-
Elenco: Tainá Müller, Camila Morgado, Eduardo Moscovis
Duração média: 42 min.
Canal Netflix
Onde ver: Netflix

Crimes pesados, violência contra mulher, polícia corrupta, machismo estrutural e uma heroína inspiradora: Bom dia, Verônica, série brasileira da Netflix, é tão eletrizante que até os mais sensíveis não conseguem largar até ver o fim só para ter certeza que algo de bom e justo vai acontecer. 

Aliás, a própria Verônica (Tainá Müller) é o que de melhor poderia acontecer neste momento, após uma tragédia com uma mulher acontece na frente da escrivã de polícia ela inicia uma jornada para defender a justiça e a integridade física e psicológica das vítimas. No caminho, ela se depara com um caso ainda mais pesado, que envolve gente grande e coloca em risco a vida de muitas mulheres que estão vulneráveis, sem se dar conta.

Bom Dia, Verônica

Segundos dados do IPEA enquanto estiver lendo este texto, cinco mulheres estarão sendo espancadas e uma morre, vítima de feminicídio, a cada 90 minutos. Para quem ainda pensa, mesmo que em segredo, que é coisa de mulher trouxa que gosta de malandro, Brandão (Eduardo Moscovis) e Janete (Camila Morgado) se destacam na atuação mostrando o desequilíbrio de força e sanidade.

Apesar de Verônica

ter bons amigos (um nerd que faz pão e um médico legista metaleiro) para ajudá-la em suas investigações, seu trabalho precisa ser totalmente independente e muitas vezes clandestino. É comum vê-la se lamentando o quanto é difícil essa luta sozinha, e ao longo dos episódios fica evidente que também é muito perigoso, mas o melhor da série é sua teimosia em defender a vida de uma mulher.

E para quem tem o mínimo de coração (ou alma, como preferir) a inspiração deve ser para nunca deixar de ter teimosia em evitar uma mulher de ser vítima, sempre, a qualquer momento, de qualquer espécie, de qualquer vilão, mesmo parecendo ser só uma investidinha, mesmo que todos digam que ela procurou por isso, que ela gosta, que ala tem culpa, que ela merece. 

Além de todo o discurso em defesa da mulher e com uma crítica sobre o sistema corrupto que envolve o estado policial, o roteiro é uma adaptação do livro de mesmo nome dos escritores Raphael Montes (famoso por livros sobre crimes não indicados para sensíveis) e Ilana Casoy (criminóloga, escritora e especialista em serial killers, maravilhosa!) que promete novas surpresas e tensões.

Maratone Bom Dia, Verônica mesmo sendo reticente a cenas chocantes, e se o assunto te incomodar profundamente, lembre-se que nada precisa ser uma obra-prima da arte para se expressar adequadamente e para entreter para valer. E acima de tudo, não façam isso em casa, apenas mantenham a teimosia para livrar mulheres de seus agressores.

O melhor episódio
T01E07 – Voa, Passarinha

Ver “Bom Dia, Verônica” na Netflix

Série em Cenas

Soraya Lopes

Gerente de projeto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo