Críticas

Ford vs Ferrari

(Ford v Ferrari, EUA/FRA, 2019)
Ação
Direção: James Mangold
Elenco: Matt Damon, Christian Bale, Jon Bernthal, Caitriona Balfe, Josh Lucas, Noah Jupe, Tracy Letts, Remo Girone, Ray McKinnon, JJ Feild, Jack McMullen
Roteiro: Jez Butterworth, John-Henry Butterworth, Jason Keller
Duração: 152 min.
Nota: 7 ★★★★★★★☆☆☆

Lá estava a Ford. Primeira marca a produzir em série, dominava parte do mercado, mas estava muito longe de qualquer coisa que se relacionasse com sofisticação. Como saída, seu departamento de marketing achava que a solução estava em finalmente entrar no mundo das corridas automotivas. Traçaram, então, um plano ousado, tentar comprar a Ferrari.

A viagem à Itália foi diferente daquilo que esperavam, mas a ideia de que a exposição da marca nas corridas, principalmente nas de longas duração, faria a diferença não foi abandonada e equipes locais foram contratadas. Aí chegamos ao título do filme, Ford vs Ferrari, dirigido por James Mangold, que é muito mais sobre essa disputa de bastidores do que sobre o esporte em si.

O diretor tem uma filmografia bastante diversificada, que inclui filmes de comédia romântica, super-herói, western e biografia, e constrói bem esse drama esportivo baseado numa história real que camufla um mergulho nos interesses capitalistas dentro do esporte. Olhar para aquele ponto específico é como olhar para todo um modo de intromissão americano por onde quer que se mire, com as mesmas intenções e todas elas tendo a ver com dinheiro.

O roteiro, assinado por Jez Butterworth, John-Henry Butterworth e Jason Keller, mescla os eventos, alternando escritórios, reuniões e telefonemas a garagens e corridas. Há todo um cuidado com o desenvolvimento da trama, principalmente nos contrapontos. Embora tenha suas facilidades, e a maior delas está no personagem Leo Beebe, não há nada que comprometa demais e nem sobreviva às excelentes cenas de corrida. O modo como Phedon Papamichael as filma, inovando nos ângulos, é impressionante. Junto com a montagem precisa a quatro mãos de Andrew Buckland e Michael McCusker faz com que o espectador sinta-se muito próximo dos corredores.

Outra coisa que também ajuda é a atuação de Christian Bale como o engenheiro mecânico e corredor inglês Ken Miles. Dedicado como sempre, o ator britânico constrói um personagem intempestivo e simpático. Embora seja o melhor do elenco, ele está bem acompanhado por Matt Damon, Jon Bernthal, Josh Lucas e Tracy Letts.

Com uma ótima execução, principalmente na parte técnica, Ford vs Ferrari é um filme que contagia e interessa pela mensagem por trás de toda a adrenalina. Poderia ser um pouco mais cuidadoso na hora de criar os seus vilões, mas que diverte, diverte.

Um Grande Momento:
Le Mans.

Links

IMDb

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.
Botão Voltar ao topo
Fechar