Série em Cenas

Guerras do Brasil.doc

(Guerras do Brasil.doc, Brasil, 2018)
  • Gênero: Documental
  • Criador: Luiz Bolognesi
  • Canal: Curta!
  • Temporadas: 1
  • Duração: 27 minutos

Milton e Beto alcançam as notas perfeitas quase num desabafo que num canto cíclico parece repetir nossa violenta história. 

Aumenta o som, e pira: https://open.spotify.com/track/64ZTy1DsCuYufxaBBUSFxA?si=00f9819460a44c2b

A primeira coisa a se fazer aqui é definir a palavra guerra: no dicionário comum, trata-se de um substantivo feminino que resumidamente define qualquer combate com ou sem armas querendo ou não impor algum tipo de supremacia ou salvaguardar interesses materiais ou ideológicos. Guerras do Brasil.doc, mini-série documental brasileira disponível na Netflix, traz as principais lutas brasileiras e joga na nossa cara que tem batalha que ainda vivemos e deixamos acontecer.

Apoie o Cenas

Agora não pergunto mais pra onde vai a estrada
Agora não espero mais aquela madrugada
Vai ser, vai ser, vai ter de ser, vai ser faca amolada
O brilho cego de paixão e fé, faca amolada

A cada episódio um conflito histórico que travamos, já no primeiro somos presenteados com 

As Guerras da Conquista e mostra o tamanho da violência empregada contra o povo que já habitava o país no momento da povoação européia, e seus desdobramentos até os dias atuais, quando ainda vivemos batalhas cruéis e covardes sem ganhar destaque. Na sequência com As Guerras de Palmares somos testemunhas das feridas causadas pelo tráfico de mais de 12 milhões de pessoas e de todos os desdobramentos da escravidão que insiste em mostrar dores e correntes até hoje. 

Bruna Bites | Cenas de Cinema

Deixar a sua luz brilhar e ser muito tranquilo
Deixar o seu amor crescer e ser muito tranquilo
Brilhar, brilhar, acontecer, brilhar faca amolada
Irmão, irmã, irmã, irmão de fé faca amolada

Além da Guerra do Paraguai e da Revolução e 30, a Universidade do Crime é uma outra batalha abordada pela série, apesar de nem tão óbvia como as duas anteriores que vimos várias vezes nas aulas de História, que mostra (de forma corajosa) o sistema prisional falido e que proporciona o domínio e a expansão do crime organizado que mata e faz pessoas e comunidades reféns.

Plantar o trigo e refazer o pão de cada dia (Plantar o trigo e refazer o pão de todo dia)
Beber o vinho e renascer na luz de todo dia (Beber o vinho e renascer na luz de cada dia)
A fé, a fé, paixão e fé, a fé, faca amolada
O chão, o chão, o sal da terra, o chão, faca amolada

Produzido por nomes como Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi, Guerras do Brasil.doc tem nomes relevantes que trazem à tona detalhes profundos que marcam nossa sociedade pela dor e pelo constante estado de alerta de quem vive gerações de conflitos de espírito subjugado, destaques para Ailton Krenak (que joga na nossa cara que ainda estamos em guerra), Zezito de Araújo (que traz toda uma perspectiva sobre quilombos) e Mary Del Priore (que nos ajuda a concluir como a Guerra do Paraguai foi travada entre miseráveis).

Bruna Bites | Cenas de Cinema

Deixar a sua luz brilhar no pão de todo dia
Deixar o seu amor crescer na luz de cada dia
Vai ser, vai ser, vai ter de ser, vai ser muito tranquilo
O brilho cego de paixão e fé, faca amolada

E qual vem sendo a nova guerra desse povo miserável que de espírito subjugado herda de todos os seus ancestrais que no máximo traz a linhagem pretensiosa de uma origem  desconhecida, assassinada, sequestrada ou vítima recorrente de qualquer dominação cíclica que insiste em prometer (ou defender) o pão, mas pouco se importar com a sobrevivência ou dignidade? Uma luta entre reles que já nem podem garantir o próprio oxigênio, mas que ainda trazem a família e deus como desculpa para violência e conflito?

Para aprender, refletir e trazer mudanças: Guerras do Brasil.doc é do tipo de documentário que surpreende falando o que sempre soubemos mas não queríamos admitir. É sempre bom uma releitura e uma ressignificação para enfrentar com propósito de transformação aquilo que já não vale ignorar e para deixar o amor crescer na luz de cada dia.

O Melhor Episódio:

T1E5 – Universidade do Crime

Série em Cenas

Soraya Lopes

Gerente de produto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo