Crítica | Streaming

La Vingança

(La Vingança, BRA, ARG, 2016)

  • Gênero: Comédia
  • Direção: Fernando Fraiha
  • Roteiro: Jiddu Pinheiro, Fernando Fraiha, Thiago Dottori, Pedro Aguilera
  • Elenco: Felipe Rocha, Daniel Furlan, Leandra Leal, Ana Pauls, Adrián Navarro,Aylin Prandi
  • Duração: 90 minutos
  • Nota:

O coração está quebrado. Caco está numa fossa monumental e não quer fazer mais nada da vida além de chorar e sofrer. Quem nunca? Mas todo mundo tem um amigo que vem para puxar para fora do buraco. Caco tem o completamente sem noção Vadão. E é justamente essa falta de noção que dá o start em La Vingança.

O longa, dirigido por Fernando Fraiha, é uma comédia de primeira que mistura dor de cotovelo com a histórica rixa entre brasileiros e argentinos. O road movie cheio de testosterona cruza o Brasil para chegar ao país vizinho. Os amigos dublês e Jorge (o opala amarelo 1976) passam a maior parte do filme dentro do carro, em divagações, brigas e caronas inusitadas.

Daniel Furlan e Felipe Rocha em La Vingança

Tem também as paradas, onde o roteiro de Jiddu Pinheiro, Fernando Fraiha, Thiago Dottori e Pedro Aguilera zomba do machismo com vontade e abre espaço para personagens divertidos, como os policiais de fronteira, os músicos ou o mecânico. O mote “quem é o maior jogador do mundo?” chega de leve, até assumir o seu lugar de destaque no longa.

O mais divertido de La Vingança é que o filme ri de si mesmo, de seus personagens e da bobajada que é tão atinente aos machos alfas que perambulam por aí, aficcionados por disputas infantis infinitas e com atitudes que não têm mais o menor cabimento.

Comédia brasileira La Vingança

Muito do filme vem do equilíbrio entre os atores Felipe Rocha (Como Nossos Pais) e Daniel Furlan (Uma Quase Dupla), e da habilidade de Fraiha em organizar o humor em cena sem deixar que ele se exceda, algo muito comum quando se trabalha com comediantes. Mas aqui tudo parece estar no lugar certo, pelo menos nesse ponto.

La Vingança tem algumas repetições e uma virada pouco convincente, apesar de ela vir depois de uma boa gargalhada. E é isso que fica, a capacidade de fazer rir com esses dois amigos e com aqueles que cruzam seu caminho. Uma ótima pedida para qualquer dor de cotovelo.

Um Grande Momento
O letreiro.

Ver La Vingança na Netflix
Ver La Vingança no Telecine

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.
Botão Voltar ao topo