Com o crescimento da animação brasileira nos últimos anos, é natural que se volte os olhos à produção, que se debata mais as obras e procure se aprofundar nas muitas possibilidades criativas da técnica. No ano em que a animação daqui foi homenageada pelo Festival D’Annecy, maior evento de cinema animado no mundo, esta necessidade começou a ganhar novos estudos, historiografias e publicações diversas.

Assim foi com a Associação Brasileira de Críticos de Cinema – Abraccine e seu livro “Animação Brasileira – 100 Filmes Essenciais”, e com o professor pernambucano Marcos Buccini e seu “Histórias do Cinema de Animação em Pernambuco”, para citar apenas dois títulos. Mas é preciso ainda mais.

Pensando nisso, o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, uma das primeiras entidades do país, fundada há 44 anos, acaba de lançar uma campanha de financiamento coletivo. O objetivo é possibilitar o lançamento do livro “Poética da Ilusão de Movimento”, de José-Manuel Xavier, no Brasil. A publicação do animador e professor português vai buscar na poesia um caminho para falar sobre a animação.

Para Wilson Lazaretti, animador e fundador do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, “o grande aliado de José-Manuel Xavier é Fernando Pessoa, que não foi animador, mas o seria, porque nele estava a poética da qual estamos falando.”

A Campanha

A campanha de financiamento coletivo vai até o dia 23 de setembro e funciona basicamente como uma pré-venda da obra. O lançamento do livro será na LESMA – La Extraordinária Semana de Mostras Animadas, programada para os dias 26 a 28 de outubro de 2018 na Unicamp, em Campinas. Os interessados podem adquirir o livro por R$35,00 e retirá-los pessoalmente durante o evento, ou optar pelo envio via correio. Também é possível apoiar a campanha com valores a partir de R$10,00. Todos os detalhes estão explicados no site.