Crítica | Streaming

O Visitante

(The Visitor, EUA, 2007)

Drama

Direção: Thomas McCarthy

Elenco: Richard Jenkins, Haaz Sleiman, Danai Jekesai Gurira, Hiam Abbass, Marian Seldes, Laith Nakli

Roteiro: Thomas McCarthy

Duração: 104 min.

Minha nota: 7/10

Sempre fui fã de Richard Jenkins. Acho que ele tem uma capacidade de transformação e uma maleabilidade enorme nos papéis que escolhe interpretar. Ultimamente, por exemplo, ele esteve presente em poduções dos mais variados estilos e gêneros como o terror The Brøken, as comédias Quase Irmãos e Queime Depois de Ler, dublando a animação O Corajoso Ratinho Despereaux e no drama O Visitante, papel pelo qual foi indicado a vários prêmios, inclusive o Oscar.

O filme conta a história de Walter Vale, um professor entediado, chato e pouco sociável que é obrigado pela faculdade onde trabalha a viajar para Nova York para participar de uma conferência sobre países em desenvolvimento.

Ao entrar em seu apartamento, porém, encontra o músico sírio Tarek e a artesã Zainab morando em sua casa. A confusão acaba mudando radicalmente a vida de Vale, que começa a ver tudo com outros olhos.

O roteiro é correto, não apela para obviedades e procura manter a sua força nos personagens que desfilam por sua história, que é boa. O professor criado por Jenkings também é daquelas figuras que ficam na nossa cabeça por um tempo já que está sempre tão presa a si mesmo e ao mundo ideal criado em sua cabeça que se esquece de ver o que o mundo está oferecendo.

Haaz Sleiman e Danai Jekesai Gurira também estão muito bem como o casal de inquilinos de personalidades tão diferentes. O olhar de Hiam Abbass como a sofrida e contida mãe também chamam a atenção de quem vê o filme.

A abordagem sutil de problemas estadunidenses como a tolerância aos estrangeiros muçulmanos pós 11 de setembro e a ironia de ter um homem letrado, um professor universitário, que vive de falar de países em desenvolvimento, sem jamais ter se relacionado com alguém estrangeiro são pontos altos e fazem pensar.

A trilha sonora é boa, mas talvez peque por estar presente demais. A mistura de ritmos e de músicas clássicas com canções de Fela Kuti casam muito bem com a história.

O diretor consegue manter tudo nos conformes, errando a mão em um ou outro ângulo(o da cama, por exemplo). A edição de Tom McArdle também é ok, mas teve a impressão que fica é que ele teve pena de olhar mais detalhadamente para algumas seqüências e deixou passar coisas que não dizem muito aos espectadores.

No final das contas o filme tem um resultado positivo. Merece ser visto.

Um Grande Momento

O desabafo na detenção.



Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Oscar: Ator (Richard Jenkings)

Links

Site Oficial

Imdb

 

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Oi, gente!

    Como estou viajando, estou meio atrasada para responder os comentários, mas vamos lá…

    Wally – Ele é ótimo. Sempre gostei dele e não entendia porque ele nunca era mencionado. Nem foto no Imdb ele tem…
    Eu consegui passar todas as fases, mas tive ajuda do meu pequeno.
    Quanto a Rambo IV, minha televisão está pingando sangue até hoje.

    Sérgio – E aí? Conseguiu?

    Dário – Nossa! Muito obrigada!

    Alex – Eu sempre gostei dele. Em comédias e em dramas.

    Marcel – Eu consegui mandar, mas como previ não acertei tanto assim…

    Rê – Muito obrigada, querida! Adorei a lembrança!

    Kau – Que bom que você voltou. Ele merece estar na lista de favoritos, pelo menos eu acho…

    Beijocas a todos!

  2. Ciça, estou de volta à ativa!!!!!!

    Sobre o filme, achei bem simpático. Preciso rever, pois não estava num bom dia quando assisti. Jenkins é ótimo e é capaz que entre na minha lista final de favoritos.

    Beijos!

  3. Opa, estou passando rapidinho só para lembrar que o prazo de envio das apostas para a segunda fase do 1º Bolão do Talking About Movies está chegando ao fim. As apostas para serão fechadas as 24h do dia 21 (proximo sábado). Não deixe de participar.
    Contamos com suas apostas!
    Abraço.

  4. Eu não sou fã de Richard Jenkins por não conhecer muito bem o seu trabalho nos cinemas. Para falar a verdade só comecei a nota-lo em “Terra Fria”. E a trama não me é muito interessante, só assistirei mesmo por causa dos bons elogios que o protagonista está recebendo.

  5. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    – Só Sites e Blogs Premiados –
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    – Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética –

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo

    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    …………………………………………………………..

  6. Queria muito ver antes do Oscar, mas acho que não vou conseguir hehehehe.

    até mais!

  7. Quero muito ver o filme pelos comentários elogiosos, mas mais pelo ator, que sempre admirei.

    E esse jogo aí abaixo é ótimo! Mas agarrei na fase 28. :(

    E Rambo IV é pura carnificina!

    Ciao!

  8. Olá! Hello!

    Trade and economic issues – Thank you so much.

    Vinícius – Eu também gostei e ele está realmente muito bem no papel. No Festival do Rio o filme se chamou O Visitante…

    Beijocas/Kisses

  9. Acho que esse filme foi uma das melhores surpresas do ano, pois além da performance fantástica do Richard Jenkins, encanta pela história muito atual e até emocionante. E parece que o filme se chamará “Aprendendo a Viver” por aqui…

    Abs!

Botão Voltar ao topo