Série em Cenas

Queer Eye: Mais Que um Makeover

( Queer Eye, EUA, 2018-)
Comédia
Criador:
Temporada: 5-
Elenco: Bobby Berk, Karamo Brown, Tan France
Duração média: 50 min.
Canal Netflix
Onde ver: Netflix

Amar do jeito que é e transbordar. Poder amar a si tanto que sobra e toca qualquer um, com empatia, respeito incondicional pela particularidade e individualidade, e principalmente: cumplicidade em ser vítima dos olhos e atitudes que segregam por algo que distoa do padrão. O reality Queer Eye da Netflix traz os Fab Five (Cinco Fabulosos) para encher de amor qualquer coração que entende que somos humanos demais para julgar.

A cada episódio os Fab Five intercedem na vida de uma pessoa (que sempre chamam de herói ou heroína) dando suporte e promovendo mudanças em cinco frentes na sua vida por alguns dias. Tudo começa quando chegam na casa e escutam as principais dores e desejos e observam como é o dia a dia da organização espacial e cuidados pessoais. A partir disso, sugerem e alinham de forma extremamente respeitosa (que chega a comover) mudanças que podem trazer o que se busca.

Queer Eye

Cada um dos fabulosos tem um papel em uma área importante na vida: Karamo Brown cuida de cultura e o lado emocional, Tan France é responsável pelas roupas e estilo, Jonathan Van Ness ajuda com a aparência e os cuidados pessoais, Bobby Berk transforma uma parte da casa ou a casa toda e Antoni Porowski promove uma revolução nos hábitos alimentares, e por consequência, interações sociais.

Todas as histórias dos heróis são comoventes, em geral um episódio na vida causou algo que hoje tira a autoestima ou confiança. Como destaques de Queer Eye é possível elencar o pai que queria dar um trato no visual para ir no casamento da filha, um viúvo que precisa seguir a vida, uma mulher de origem latina que sofre preconceito por suas origens e uma vítima de tiro que decide perdoar o agressor.

Queer Eye

Fica claro que a empatia dos Cinco Fabulosos tem muito a ver com a própria história de vida deles. Ao longo das temporadas vamos descobrindo que Bobby foi expulso de casa e viveu muito tempo sem teto quando adolescente e que Tan é o símbolo de resiliência sendo gay, mulçumano, estrangeiro e vivendo nos Estados Unidos. Mas o que com certeza faz a alma crescer e ganhar sabedoria em trato com outras pessoas, é Jonathan batendo papo enquanto arruma o cabelo ou a pele: transforma e aceita os limites. 

Comemore a vida e supere obstáculos com respeito e amor, tendo plena consciência de que não só merece, mas tem todo o direito de ser quem é e ser feliz, com os Fab Five e seus heróis e heroínas que tem muito para ensinar e emocionar. 

O melhor episódio
T05E01: A Igreja LGBTQ+

E vem aí…

Ver “Queer Eye” na Netflix

Soraya Lopes

Gerente de projeto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo