Série em Cenas

Sense8

(Sense8, EUA, 2015)
  • Gênero: Drama
  • Criador: J. Michael Straczynski, Lana Wachowski, Lilly Wachowski
  • Canal: Netflix
  • Elenco: Bae Doona, Jamie Clayton, Tina Desai, Tuppence Middleton, Max Riemelt, Miguel Ángel Silvestre, Brian J. Smith, Daryl Hannah, Freema Agyeman
  • Duração: 60 minutos

O ser humano tem mais de 20 emoções mapeadas, em geral ligadas a algo, a alguém ou a nós mesmos. Sense8, série aclamada da Netflix, conecta os personagens em suas sensações quando as compartilham entre si, e faz quem está acompanhando as histórias e esse turbilhão de emoções sentir bastante coisa junto.

Oito desconhecidos de lugares diferentes do mundo têm a visão da morte violenta de uma mulher, e a partir disso, percebem estar não apenas emocionalmente ligados, mas também mentalmente, o que dá a cada um deles, capacidade de apoderar-se de habilidades, força e sabedoria dos demais. Sensate é o nome que se atribui para quem tem esse tipo de atributo.

Sense8
Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

Além das questões pessoais que os oito já precisam lidar (tem vício, tem armário, tem bandidos, de tudo) dois misteriosos personagens causam muitos conflitos e perturbações no ambiente já caótico, Jonas (um cara que parece querer ajudar) e Whispers (um cara que parece que não). O ritmo da série é bem intenso mesmo, para quem gosta de frenesi e polêmica.

Apoie o Cenas

Falando em polêmica, os personagens são épicos pela quebra de várias barreiras que qualquer mente pudica e julgadora (mesmo que ocultamente, acredite). É comum sentir desconforto pelo desconforto, a série te provoca nisso. A cada episódio, o ponto de vista de um dos indivíduos acaba se integrando com os demais, trocando experiências enquanto aprofundam suas histórias e emoções. 

Sense8
Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

Que tipo de emoção você tem com cada coisa trazida por Sense8? E como seria essa emoção depois de você ter que vivê-la na pele de outra pessoa? Uma reflexão legítima e corajosa que não apenas questiona nosso lugar inquisidor, como nos coloca à flor da pele em muitas sensações que sempre fomos programados para não acessarmos.

Se jogue na pista de sentimentos e aventuras que uma das séries mais polêmicas e quebradeira de tabus faz brotar em qualquer coração, por mais pudico que você seja. Para assistir à maratona sem freios, para acessar temas censurados, para repensar a culpa e a empatia, e garantir uma boa dose de ação e pira para levantar o astral.

Melhor Episódio
T01E12 – Não vou abandoná-la

Soraya Lopes

Gerente de produto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo