Crítica | Streaming

Viagem a Darjeeling

Visto em DVD(The Darjeeling Limited, EUA, 2007)

Comédia

Direção: Wes Anderson

Elenco: Owen Wilson, Adrien Brody, Jason Schwartzman, Amara Karan, Wallace Wolodarsky, Waris Ahluwalia, Anjelica Huston, Natalie Portman, Bill Murray

Roteiro: Wes Anderson, Roman Coppola, Jason Schwartzman

Duração: 91 min.

Minha nota: 7/10

Até quem acompanha de longe a filmografia recente de Wes Anderson sabe que o diretor tem uma quedinha por histórias de família. Então ninguém vai se surpreender muito ao ver Viagem a Darjeeling.

O filme conta a história de três irmãos que tentam reestabelecer a relação um ano após da morte do pai e do abandono da mãe, em uma louca viagem pelo interior da Índia. Liderados pelo irmão mais velho, recém-acidentado e ditador, os três seguem de trem um rígido itinerário de viagem, cada um com seu fantasma particular.

A assinatura de Wes Anderson pode ser percebida na fotografia experimental de Robert D. Yeoman (colaborador antigo); na atuação de Owen Wilson, Bill Murray e Anjelica Huston (idem); na trilha sonora bem alternativa e, como já disse, na relação familiar.

Esteticamente o filme é colorido e lindo, e mantém o mesmo silêncio, estrutura e atmosfera do aquático Steve Zissou e do excêntrico Tenenbaums. Os três atores, bons naturalmente, estão ótimos como os problemáticos irmãos. O roteiro é bem amarrado e mantém o ritmo durante todo o filme.

Parece que Anderson achou um lugar que combina perfeitamente com seu jeito. A Índia é conhecida por sua variedade de cores, sabores, culturas, crenças e belas paisagens naturais. Também é um país que, de cara, é reflexivo, como toda a obra do cineasta.

Apesar de todas as qualidades, o filme é “de marca” demais. Ou seja, quem não gosta das características, vai odiar o resultado final e, provavelmente, pedir o dinheiro de volta. Essa repetição é ao mesmo tempo um ponto positivo (os que gostam vão amar) e um ponto negativo na carreira do diretor.

O resultado final do filme é positivo.

Indicado para dias em que se quer ver uma comédia bem diferente do usual.

Com a colaboração de Bruna Bites.

Um Grande Momento

Os vagões do trem passando.



Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Festival de Veneza: Leão de Ouro

Links

Site Oficial

Imdb

 

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Oi, Lucas!

    É aquela história. Ou você ama ou odeia. Também estou no primeiro grupo.

    Beijocas

  2. tô louco pra ver esse filme. achei tenenbaums super afinado, bem escrito…

  3. Olá!

    Eu também acho, Red. E tudo flui tão bem que a gente acaba se envolvendo com a história dos três.

    Irônico mesmo, Wendell, e melancólico. Uma mistura que sempre fica interessante nas mãos de Wes Anderson.

    Beijocas

  4. Concordo com o Red Dust, o filme tem um belo visual e o elenco carismático dá um tom cômico e irônico à obra. Bom filme.

  5. Uma bela viagem. Exótica e cheia de aromas. O argumento varia entre a genialidade e alguma monotonia.

    7/10.

    Beijinho.

Botão Voltar ao topo