Crítica | Streaming

Viagem a Darjeeling

Visto em DVD(The Darjeeling Limited, EUA, 2007)

Comédia

Direção: Wes Anderson

Elenco: Owen Wilson, Adrien Brody, Jason Schwartzman, Amara Karan, Wallace Wolodarsky, Waris Ahluwalia, Anjelica Huston, Natalie Portman, Bill Murray

Roteiro: Wes Anderson, Roman Coppola, Jason Schwartzman

Duração: 91 min.

Minha nota: 7/10

Até quem acompanha de longe a filmografia recente de Wes Anderson sabe que o diretor tem uma quedinha por histórias de família. Então ninguém vai se surpreender muito ao ver Viagem a Darjeeling.

O filme conta a história de três irmãos que tentam reestabelecer a relação um ano após da morte do pai e do abandono da mãe, em uma louca viagem pelo interior da Índia. Liderados pelo irmão mais velho, recém-acidentado e ditador, os três seguem de trem um rígido itinerário de viagem, cada um com seu fantasma particular.

A assinatura de Wes Anderson pode ser percebida na fotografia experimental de Robert D. Yeoman (colaborador antigo); na atuação de Owen Wilson, Bill Murray e Anjelica Huston (idem); na trilha sonora bem alternativa e, como já disse, na relação familiar.

Esteticamente o filme é colorido e lindo, e mantém o mesmo silêncio, estrutura e atmosfera do aquático Steve Zissou e do excêntrico Tenenbaums. Os três atores, bons naturalmente, estão ótimos como os problemáticos irmãos. O roteiro é bem amarrado e mantém o ritmo durante todo o filme.

Parece que Anderson achou um lugar que combina perfeitamente com seu jeito. A Índia é conhecida por sua variedade de cores, sabores, culturas, crenças e belas paisagens naturais. Também é um país que, de cara, é reflexivo, como toda a obra do cineasta.

Apesar de todas as qualidades, o filme é “de marca” demais. Ou seja, quem não gosta das características, vai odiar o resultado final e, provavelmente, pedir o dinheiro de volta. Essa repetição é ao mesmo tempo um ponto positivo (os que gostam vão amar) e um ponto negativo na carreira do diretor.

O resultado final do filme é positivo.

Indicado para dias em que se quer ver uma comédia bem diferente do usual.

Com a colaboração de Bruna Bites.

Um Grande Momento

Os vagões do trem passando.



Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Festival de Veneza: Leão de Ouro

Links

Site Oficial

Imdb

 

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Oi, Lucas!

    É aquela história. Ou você ama ou odeia. Também estou no primeiro grupo.

    Beijocas

  2. tô louco pra ver esse filme. achei tenenbaums super afinado, bem escrito…

  3. Acho que o Anderson só nos brinda com obras primas…

  4. Olá!

    Eu também acho, Red. E tudo flui tão bem que a gente acaba se envolvendo com a história dos três.

    Irônico mesmo, Wendell, e melancólico. Uma mistura que sempre fica interessante nas mãos de Wes Anderson.

    Beijocas

  5. Concordo com o Red Dust, o filme tem um belo visual e o elenco carismático dá um tom cômico e irônico à obra. Bom filme.

  6. Uma bela viagem. Exótica e cheia de aromas. O argumento varia entre a genialidade e alguma monotonia.

    7/10.

    Beijinho.

Botão Voltar ao topo