Crítica | Streaming

A Vingança Está na Moda

(The Dressmaker, AUS, 2015)
Comédia
Direção: Jocelyn Moorhouse
Elenco: Kate Winslet, Judy Davis, Liam Hemsworth, Hugo Weaving, Julia Blake, Shane Bourne, Kerry Fox, Rebecca Gibney, Caroline Goodall, Gyton Grantley
Roteiro: Rosalie Ham (romance), Jocelyn Moorhouse, P.J. Hogan
Duração: 119 min.
Nota: 6 ★★★★★★☆☆☆☆

Desde os primeiros minutos de A Vingança Está na Moda, o espectador percebe que vai ter uma experiência diferente. Com um visual bem cuidado e muito estilizado, vemos uma mulher chegar a um vilarejo esquecido no meio do nada. Com um jogo de olhares da protagonista, conhecemos o pequeno e empoeirado local. Ela contrasta com ele, em suas roupas, maquiagem e cabelo. É justamente nesse choque, e nas primeiras palavras proferidas, que a curiosidade pela história do lugar aparece.

Nada é tão original assim: depois de se tornar bem sucedida, uma mulher retorna à cidade natal, onde tem contas a acertar com boa parte das pessoas. Esta mulher é Tilly Dunnage, vivida pela sempre competente Kate Winslet (Roda Gigante). Sua história é contada em dois tempos diferentes: enquanto o presente dedica-se a vingança diária, o passado retorna em rápidos e incompletos flashbacks sépia.

Embora não haja uma preocupação muito grande de equilíbrio etário na seleção do casting, o filme funciona bem nas conexões pessoais que cria. Com uma trama que envolve vários personagens, ainda que não se aprofunde em todos, vai dando corpo ao mistério principal que está por trás de sua trama. Escorrega quando se perde em caminhos paralelos que talvez estejam ali para buscar um melodrama que não se adequa bem.

Mas se há desacertos aqui e ali, há muita coisa a ser elogiada, principalmente na construção estética. A possibilidade que se abre com a profissão da protagonista, oferece tantas alternativas visuais ao filme que, por incrível que pareça, influenciam humor e ritmo. Se a cidade é bege e tem cor de terra, se todos se vestem com cores neutras, quando as criações de Tilly começam a tomar as ruas, tudo se transforma. Sua chegada no jogo de futebol ou as mulheres na rua quando a nova modista chega à cidade, dão um novo andamento ao filme, por exemplo.

É no figurino que A Vingança Está na Moda encontra sua única originalidade, mas também há um certo charme em sua repetição e no modo como ele consegue casar comédia e suspense. Com um bom elenco, que conta ainda com Judy Davis (Para Roma Com Amor) e Hugo Weaving (Matrix), um desenho de produção dedicado e um tino certeiro do lugar onde quer chegar, é um filme que diverte bem. Não precisava exagerar, quando exagera, mas ainda assim funciona.

Um Grande Momento:
A nova modista chega à cidade.

Links

IMDb

Assistir no Telecine

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.
Botão Voltar ao topo