Crítica | Streaming

IMAX: Fundo do Mar 3D

Visto no Cinema(Deep Sea, CAN/EUA, 2006)

Documentário

Direção: Howard Hall

Duração: 41 min.

Minha nota: 7/10

Quem pagaria R$ 30 (inteira) ou R$ 15 (meia) para assistir a um documentário dublado de 45 minutos sobre o fundo do mar e seus habitantes? Eu e mais um monte de gente não pensamos duas vezes em enfrentar uma fila enorme para conseguir um ingresso para uma sessão que só aconteceria 3h30 depois.

Não tanto porque somos interessados em assuntos subaquáticos ou porque adoramos documentários a la Discovery Channel, mas porque estávamos passando por uma das experiências mais legais que um cinéfilo poderia passar.

Estou falando da primeira sala com tecnologia IMAX no Brasil. A enorme tela tem 14 metros de altura e 21 de largura e a resolução da imagem pode chegar até 10.000 por 7.000 megapixels. Ao entrar na sala já nos assustamos com o tamanho bem maior do que os que vemos por aí. É difícil acreditar que tudo será como o prometido nas propagandas, mas a ansiedade já aparece assim que recebemos os óculos 3D, também diferentes.

A experiência é sensacional. As águas-vivas estão tão perto de nós que é difícil não levantar a mão para tentar tocá-las. O som é incrível e toma conta da sala toda. A reação do público ajuda ainda mais no clima e todo mundo parece se divertir muito.

Claro que nem tudo é perfeito e a disposição das cadeiras na sala quebra um pouco o clima pois, por mais de uma vez as fileiras na frente chamam mais atenção do que a tela.

Mudando um pouco de assunto, vou falar do filme que estava na tela. Fundo do Mar é uma quase homenagem do mergulhador e diretor Howard Hall. O filme mostra diversas espécies marinhas e seus hábitos. Com cenas lindas, o documentário ainda conta com a belíssima trilha sonora de Danny Elfman e Deborah Lurie e, na versão original, é dublado por Johnny Depp e Kate Winslet.

Daqueles programas que a gente não deve perder. Bem divertido!

A sala IMAX fica no Shopping Bourbon, em São Paulo, e, por enquanto é a única no Brasil, mas por pouco tempo. Em abril deste ano Curitiba ganha uma sala semelhante.

O próximo filme, agendado para estrear dia 06 de fevereiro na sala, é Batman – O Cavaleiro das Trevas.

Um Grande Momento

O primeiro contato com as águas-vivas.



Links

Site Oficial

Imdb

 

 

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

11 Comentários

  1. Oi gente!!!

    Vítor – A gente tem que desligar o modo “menina amarga” de vez em quando, né? Até porque, como você disse, foi uma experiência maravilhosa!

    Sérgio – Imagina só… Acho que vale uma passagem para São Paulo só para ver o filme de novo. Hehehe

    Ramon – Não sei se o Batman vai ficar tanto tempo. Mas sei que Watchmen está na lista dos filmes da sala e estréia no Brasil no dia 6 de março…

    Johnny – Nooossa! Fiquei com vontade de ver O Estranho Mundo de Jack em IMAX…

    Vinícius – Acho que a estréia tinha que ser com um filme que envolvesse completamente o espectador. E 3D de fundo do mar tem todo o potencial, né?
    Acho que um dia você vai ver sim…

    Kau – Acho que só a manutenção da sala deve ser uma fortuna. Mas é uma super experiência.

    Ibertson – Bora reunir todos os blogueiros cinéfilos em São Paulo… Hehehe

    Wally – Eu espero a mesma coisa!

    Lucas – É muito legal mesmo! E a tela é uma das maiores coisas que eu já vi…

    Beijocas

  2. eu pagaria facil! deve ser mto legal ter essa experiencia.. to aqui tentando imaginar o q seria uma tela de 14×21.. wow!

  3. Poxa, deve ter sido muito legal! Espero que essa tecnologia se espalhe pelo resto do país. Gostaria muito de experimentar.

    Ciao!

  4. Deve ser sensacional assistir um filme assim.
    Pena que vai demorar muito para chegar uma sala dessas por aqui.

  5. JURO que pagaria. Não estreou aqui, mas ainda estou fazendo um protesto no Cinemark, hahahahahaha.

    Beijos!

  6. Esse filme já rendeu milhões nos Estados Unidos, sendo exibidos somente em salas com a tecnologia IMAX – será por isso que foi exibido aqui dessa forma também? Quem sabe um dia terei a oportunidade de ver ;-)

  7. Imagine batimá … ou O Estranho Mundo de Jack … jizuzzzzzz
    eehehe

    abraços

  8. Estou louco para conhecer esse sala IMAX. Em março devo ir pra SP pro show do Radiohead, vou aproveitar e tentar ir. Espero que esteja passando o Batman.

  9. Poxa muito legal… assistir TDK aí deve ser muito massa! hehehhe

  10. Até que enfim um post positivo…rss… mas também não poderia ser diferente. Uma das experiências mais emocionantes que já vivi, uma coisa realmente incrível.
    As águas-vivas, as ondas, as vieiras e tudo mais.
    Vale muito a pena assistir qualquer coisa ali naquela tela exageradamente grande… e em 3D ficou perfeito.

Botão Voltar ao topo