Série em Cenas

Manhãs de Setembro

(Manhãs de Setembro, BRA, 2021)
  • Gênero: Drama
  • Criador: Josefina Trotta
  • Canal: Prime Video
  • Elenco: Liniker, Paulo Miklos, Thomas Aquino, Karine Teles, Gero Camilo, Linn da Quebrada, Gustavo Coelho, Clodd Dias
  • Duração: 35 minutos

“A gente ainda tá aqui, e é o que importa”.
(Pedrita – Linn da Quebrada)

Não ter dono, não ter regras, não ter a vida imposta pelo gosto do outro, pelo jeito do outro. Mas amar, ser amada e desejada, trabalhar com dignidade e respeito, além de soltar a voz cantando a música que lhe toca ao coração, e não necessariamente a que o mercado lhe impõe. Manhãs de Setembro, série nacional do Prime Video, traz Vanusa sussurrando ao ouvido da mulher trans onde é o seu verdadeiro lugar: onde ela quiser!

Cassandra (Liniker) só queria finalmente ser independente, dormir sozinha em um espaço só seu. Sempre quis ser uma mulher livre, realizando seus sonhos. Mas quando estava perto de alcançar o momento, Leide (Karine Teles) uma ex-colega do passado aparece com Gersinho (Gustavo Coelho) seu filho que não sabia que existia. Dois pontos muito inteligentes aqui: primeiro o conflito de perder toda essa liberdade e identidade (forte isso), o segundo vem mais no conceito de maternidade que esses três personagens ensinam.

Apoie o Cenas
Manhãs de Setembro
Divulgação/Amazon Prime Video

Leide é uma mãe solo que se virou por dez anos como pode. Gersinho, um doce, só quer conhecer melhor o pai. Ambos em situação vulnerável, morando em um carro na rua e vivem com o pouco que conseguem vendendo coisas no sinal. Mas o mínimo e uma rotina normal de idas para escola, amizades e horários é garantido. A relação e o sentimento também surpreende e emociona em vários momentos.

Os amigos de Cassandra são uma rede de apoio maravilhosa. Todos mostram uma compreensão tão legítima e uma amizade tão sincera e sem necessidade de troca! Manhãs de Setembro é uma ótima oportunidade para conhecer o lado bom das pessoas, o real significado de família, o lado produtivo e o orgulho da pessoa trans, bem como sua necessidade constante de luta contra assédio e preconceito.

Manhãs de Setembro
Divulgação/Amazon Prime Video

De elenco brilhante e roteiro que emociona gostoso sem necessidade de lenços e soluços, mas com constantes desejos de abraçar os envolvidos, a série gera conflitos e questionamentos que em um determinado momento fazem levantar os braços e aceitar que só se deve aceitar a queda da desconstrução sem julgamentos, mas sim aprendizagem. Afinal de contas, a torcida é sempre pelo amor. 

“Eu não acho você uma má influência pra mim”
(Gersinho – Gustavo Coelho)

Se deixe conduzir por Manhãs de Setembro e por quem se guardou lá fora na indiferença, com tardes que parece tentarmos deixar tristes, conseguindo ficar e ir embora, querendo sair e falar, nos está ensinando a cantar. Sensível e gentil ao contar de um enredo tão cheio de significados de todas as partes que vale a pena um consumo generoso nos detalhes e nas notas.

PS: Liniker, continue me bagunçando!

Melhor Episódio
T01E05 – É isso mesmo baby, enjoy!

Série em Cenas

Curte as colunas do Cenas? Apoie o site!

Soraya Lopes

Gerente de produto, comunicadora e buscadora constante de um descanso para a cabeça é viciada em séries e qualquer bobagem de tv que envolva comida, decoração ou sobrevivência e não tem escrúpulos de se emocionar com estas coisas. Se empenha em estudar filosofia, sociologia, psicologia e outros temas que possibilitem entender cada vez mais as pessoas.
Botão Voltar ao topo