Crítica | Streaming

O Procurado

(Wanted, EUA/ALE, 2008)

Ação

Direção: Timur Bekmambetov

Elenco: James McAvoy, Morgan Freeman, Angelina Jolie, Terence Stamp, Thomas Kretschmann, Common, Kristen Hager, Marc Warren, David O’Hara, Konstantin Khabensky, Dato Bakhtadze, Chris Pratt

Roteiro: J. G. Jones e Mark Millar (quadrinhos), Michael Brandt, Derek Haas, Chris Morgan

Duração: 110 min.

Minha nota: 7/10

Baseado na história em quadrinhos de J. G. Jones e Mark Millar, o filme O Procurado pouco tem a ver com a história original, mas é tão agitado e interessante quanto.

Um homem trabalha como contador na equipe de uma chefe gorda e irritante, passa o tempo tentando controlar suas crises de pânico com medicações, sua mulher o trai com seu melhor amigo e sua insignificância é tão grande que não existem resultados nem quando como ele faz uma busca por seu nome no Google.

Até que um grupo entra em contato e ele descobre ser o herdeiro de um dos maiores matadores do mundo, mas só terá direito ao dinheiro se aceitar fazer parte da legião anciã da qual seu pai fazia parte.

O ritmo acelerado do filme mantém os espectadores vidrados na tela, são balas que fazem a curva, corridas sobre trens e manobras de carro para lá de sensacionais. Desafiando todas as leis da física e exagerando nas mentiras, o filme tinha tudo para descambar e dar errado, mas Timur Bekmambetov consegue segurar a mão e transforma tudo numa experiência bem divertida.

O elenco, além de parecer se divertir fazendo aquilo, está muito bem. James McAvoy convence como perdedor e como o cara fodão que vira e Angelina Jolie, apesar de uma magreza absurda, está lindíssima.

Além de um bom roteiro, uma direção interessante e um bom elenco, as qualidades técnicas também merecem ser citadas. A edição do filme, com perseguições e tiroteios e todo o trabalho de som são fantásticos. O mesmo pode ser dito dos efeitos especiais.

Um bom programa para quem gosta de produções cheias de adrenalina e quer ver algo bem acelerado. Quem quer pensar demais ou quem não gosta de muita mentira na tela deve evitar.

Totalmente inadequado para pessoas que não gostam de violência.

Um Grande Momento

As balas na testa.



Links

Site Oficial

Imdb

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Oie!

    Ibertson – É mesmo um ótimo programa para quem quer ver ação na tela.

    Johnny – Não é o que me deixou mais orgulhosa (esse posto é de Ensaio Sobre a Cegueira), mas é um filme muito bom e competente.

    Beijocas

  2. É o filme que mais me deixou orgulhoso … gosto do Timur e ainda fez um filme padrão blockbuster que agrada a todos …

    Que foda … ehehehe

  3. É um ótimo filme de ação, com efeitos especiais competentes e cenas divertidas.

  4. Olá!

    Sérgio – E que livro, não? Quando li achei diferente de tudo que já havia lido na vida.

    Pedro – Também acho. Tem muita gente achando fantasioso e absurdo demais. Acho que quem paga para um filme como esse já devia saber o que ia achar. Muito divertido!

    Kamila – Filme de verão é uma ótima definição mesmo. Sem pretensões e super divertido!

    Beijocas a todos!

  5. Cecilia, eu adorei “O Procurado”. Acho que o filme cumpre muito bem seu papel e é a definição perfeita de filme de verão!

  6. Baita filme de ação. O Procurado cumpre muito bem o que se propôs.

    Abraço!

  7. Tow querendo muito ver este filme… muita gente vem falando bem… mas antes tenho que ver Cegueira… ainda não estreiou por aqui… espero q estreie essa sexta… inclusive seu texto sobre o filme me animou mais ainda… e ainda tenho que terminar o livro a tempo.. faltam 100 páginas !
    kkkkkkkkk

Botão Voltar ao topo