Crítica | Streaming

Percy Jackson e o Ladrão de Raios

(Percy Jackson & The Olympians: The Lightning Thief, CAN/EUA, 2010)

Em 2005 o escritor Rick Riordan lançou o primeiro livro de sua série fantástica Percy Jackson e os Olimpianos. Ao misturar mitologia grega, clichês adolescentes e a geografia dos Estados Unidos ele conseguiu atenção do público infanto-juvenil e virou presença frequente nas listas de best-sellers pelo mundo.

Sua primeira história apresenta Percy Jackson como o filho de Poseidon com uma humana. Acusado de ter roubado o raio de seu tio mais poderoso, Zeus, o jovem tem que encontrar o verdadeiro culpado e tentar resgatar sua mão do Mundo Inferior, dominado por seu outro tio, Hades.

Em sua adaptação cinematográfica a história perde um pouco de sua graça. O Percy das telas é mais velho que os dos livros e não tem muito tempo para fazer suas descobertas e deduções, mas nem por isso deixa de ser interessante para os mais novos.

As lutas, os efeitos especiais e as sempre curiosas referências à mitologia grega são os principais responsáveis pela manutenção deste interesse, mas é difícil fechar os olhos aos muitos defeitos, como o roteiro apressado e superficial ou a irritante previsibilidade, por exemplo.

Cenas como a apresentação do acampamento pelo melhor amigo e o professor centauro, a aproximação de Percy e Annabeth e o encontro final, comprometem bem o resultado. Mas ainda assim diverte e tem bons momentos, como a luta final entre os semi-deuses.

Além da história e das opções cênicas do diretor e figura constante em filmes para o público juvenil, Chris Columbus, as atuações também não são grandes coisas, mesmo com um elenco com nomes conhecidos como Catherine Keener, Steve Coogan, Sean Bean e Pierce Brosnan, todos muito pouco à vontade em seus papéis. A única exceção é a participação de Uma Thurman como Medusa.

Um daqueles programas que valem a pena quando não se tem expectativa e que é diversão certa para os menores de 14 anos de idade. Os fãs do livro talvez prefiram guardar uma distância segura.

Um Grande Momento

A medusa.

Percy-jackson-e-o-ladrao-de-raios_poster

Links

Aventura
Direção: Chris Columbus
Elenco: Logan Lerman, Brandon T. Jackson, Alexandra Daddario, Jake Abel, Sean Bean, Pierce Brosnan, Steve Coogan, Rosario Dawson, Catherine Keener, Melina Kanakaredes, Kevin McKidd, Joe Pantoliano, Uma Thurman
Roteiro: Rick Riordan (livro), Craig Titley
Duração: 118 min.
Minha nota: 5/10
Nota do Digo: 7/10
Nota da Dani: 5/10

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

4 Comentários

  1. Bom, eu nem sabia que esse filme tinha um livro dele. Acho que se eu tivesse lido esse tal livro a nota seria ainda menor (detalhe: minha nota foi 5).
    O filme é muito previsível mesmo e convenhamos que existem atores mirins muito melhores, não é mesmo?
    Para mim o que "salvou" uma de várias passagens do filme foi a presença de Uma Thurman e de resto… Alguns efeitos são legais.
    Eu dispensaria ver esse filme no cinema e nem recomendo em DVD. Talvez na "sessão da tarde" quando não estiver fazendo nada (e ainda tenho dúvidas se ler um livro ou dormir não seria melhor).

  2. Acho legal como você informa também a nota dos pequenos. Esse aí vou dispensar e deixar pro DVD.

  3. Realmente não tenho muita expectativa para esse filme e talvez por isso seja até uma experiência agradável.

Botão Voltar ao topo