Notícias

Sesc Digital lança curso EaD com Ismail Xavier

Cinéfilos e amantes de cinema de todo o país terão a chance de aprimorar seus conhecimentos sobre o cinema brasileiro com um dos principais teóricos brasileiros com o novo curso EaD da Plataforma Sesc Digital. É o “Cinema Brasileiro: O Clássico e o Moderno”, idealizado e ministrado por Ismail Xavier, que aborda a transição entre os estilos clássico e moderno da nossa produção cinematográfica, na passagem entre os anos 1950 e 1960. Para se inscrever, basta acessar aqui a página da de EAD do Sesc Digital.

O curso será composto por seis videoaulas de 15 minutos cada onde serão analisadas e comparadas cenas de três filmes que têm como tema o cangaço: O Cangaceiro (1953); Vidas Secas (1963), de Nelson Pereira dos Santos; e Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), de Glauber Rocha.

A linguagem cinematográfica, por meio de suas técnicas e estilos, permite contar, de maneiras diferentes, histórias às vezes muito semelhantes. Em pauta, neste estudo comparativo entre as três produções brasileiras, estarão três aspectos relacionados ao estilo dos filmes que influenciam na narrativa: luz, movimentos de câmera e montagem.

Apoie o Cenas

O novo curso “Cinema Brasileiro: O Clássico e o Moderno” descortina, para o participante, a capacidade que o cinema tem de provocar a identificação ou o estranhamento de quem assiste, de aproximar realidades distintas, criar atmosferas, despertar reflexões ou convocar à ação, ou mesmo ampliar o repertório e a fruição do público como espectadores de qualquer tipo de filme. A escolha de filmes nacionais cria a oportunidade de valorizar a nossa cinematografia e a nossa história, conhecendo e discutindo sobre obras e autores que marcaram uma época e que retrataram diferentes visões do Brasil.

O que você vai aprender

Nas duas primeiras aulas, “Introdução aos estilos clássico e moderno e à questão da luz no cinema clássico” e “Estilo moderno: Fotografia e estética no Cinema Novo” serão abordados os efeitos do binômio luz-e-sombra e também como a luminosidade nas produções cinematográficas afetam as personagens do filme.

As aulas 3 e 4, “Movimentos de câmera e princípio da transparência no cinema clássico” e “Câmera na mão e seus efeitos narrativos”, trazem as composições de movimentos de câmeras, apresentando o conceito de “princípio de transparência” como baliza fundamental do cinema clássico e o movimento de “câmera-na-mão” como grande diferencial no cinema moderno.

“Montagem e construção narrativa no estilo clássico” e “Ritmo e montagem no estilo moderno” são os temas das duas últimas aulas (5 e 6) que comparam técnicas de montagem, que, por um lado, garantem o sentido de continuidade e tornam os cortes de um plano a outro “invisíveis” ao espectador no cinema clássico, e, por outro, geram saltos e efeitos de descontinuidade na passagem de um plano a outro para os filmes modernos do Cinema Novo.

Serviço

EAD “Cinema Brasileiro: O Clássico e o Moderno”
Conteúdo: 6 videoaulas de 15 minutos
Local: Plataforma EAD Sesc Digital

Redação

O Cenas de Cinema é um veículo informal e divertido que tem como principal objetivo divulgar a sétima arte, com críticas, notícias, listas e matérias especiais
Botão Voltar ao topo