Crítica | Streaming

Sombras de Goya

Drama
Direção: Milos Forman
Elenco: Natalie Portman, Javier Bardem, Stellan Skarsgård, Randy Quaid, Blanca Portillo, Michael Lonsdale, José Luiz Gómez, Mabel Rivera
Roteiro: Milos Forman, Jean-Claude Carrièrre
Duração: 113 min.
(Goya’s Ghosts, EUA, 2006)

Um bom retrato da história espanhola desde a inquisição, passando pela invasão inglesa, até a restituição de poder ao rei Fernando.

Depois de sete anos longe da direção, Forman volta às telas com uma grande produção de época. O filme mostra a vida do pintor Francisco Goya, as mazelas do alto clero espanhol e a falsa crença no ideal libertador da Revolução Francesa.

Com elenco superior, o filme deixa a desejar pela fragilidade de seu roteiro, que tem tanto a dizer, mas não sabe como alocar as informações no tempo.

Os trabalhos de maquiagem, figurino e decoração estão perfeitos. Muito bom também é o aproveitamento das obras de Goya, tanto com gravuras, quanto com pinturas a óleo.

Não é um filme excelente, mas pode ser visto quando não se tem muito mais o que fazer. Vale pelo retorno daquele que um dia filmou Um Estranho no Ninho e Amadeus.

Um Grande Momento
Natalie, Bardem, um bebê e uma carroça.

sombras-de-goya_poster
Links

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Y7e7r31u2eg[/youtube]

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.
Botão Voltar ao topo