Crítica | FestivalCrítica | Outras metragensFestival de Brasília

A Minha Maneira de Estar Sozinho

(A Minha Maneira de Estar Sozinho, BRA, 2008)

Drama

Direção: Gustavo Galvão

Elenco: André Araújo, Silvia Lourenço, Marco Michelângelo

Roteiro: Bernardo Scartezini

Duração: 15 min.

Minha nota: 7/10

Esse é daqueles que não dá para falar muito.

Sueco é aquele tipo de cara que nunca se solta em festas e não atrai muitas amizades, a única pessoa que consegue estar com ele é a bela e descolada Melissa.

A Minha Maneira de Estar Sozinho traz aquele tipo anti-social clássico, que sempre fica de lado quando tem muita gente, vê todo mundo dançar de braços cruzados e adora coisas que pode fazer sozinho.

A história é ótima e a idéia do filme – aquela que eu não posso nem mencionar para não estragar a surpresa – é genial.

A direção de fotografia, assinada por André Carvalheira, falha em um ou dois pontos, mas é competente e faz toda a diferença para a história.

Apesar de todos os pontos positivos, o curta não agradou à platéia do festival. Muitos sentiram como se alguma coisa não tivesse sido dita, talvez por alguma opção de montagem.

Eu gostei muito.

Um Grande Momento

Um rock pra você.

A Minha Maneira de Estar Sozinho
Prêmios e indicações
(as categorias premiadas estão em negrito)

Festival de Brasília: Curta 35mm

Links

Site do Festival de Brasília

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

3 Comentários

  1. me vejo nessa situação em q o personagem está. me senti enjoado pois se ver em alguem assim não é nada fácil. Tenho fé q um dia q será passado em minha vida.

  2. Tb pude ver este por aqui, Cecília. Foi um soco no meu estômago, pois tinha problemas com isso num passado recente, hahahahahaha.

    Bjos!

Botão Voltar ao topo