(Game Night, EUA, 2018)
Comédia
Direção: John Francis Daley, Jonathan Goldstein
Elenco: Jason Bateman, Rachel McAdams, Kyle Chandler, Sharon Horgan, Billy Magnussen, Lamorne Morris, Kylie Bunbury, Jesse Plemons, Michael C. Hall, Danny Huston, Michael Cyril Creighton
Roteiro: Mark Perez
Duração: 100 min.
Nota: 6 ★★★★★★☆☆☆☆

Jogos de tabuleiro sempre tiveram o seu apelo, mas estão se voltando à sua antiga popularidade ultimamente. Uma noite entre amigos, com esse tipo de jogos, é o mote da despretensiosa comédia A Noite do Jogo. Misturando, suspense, ação e bastante humor, o longa-metragem arranca boas gargalhadas do público e atinge o seu objetivo.

Dirigido pela dupla John Francis Daley e Jonathan Goldstein, responsável pela releitura do clássico dos anos 80, Férias Frustradas, o filme é todo baseado em um humor mais ingênuo, onde acontecimentos inusitados e personagens curiosos misturam-se a piadas por vezes bobas, resultando um conjunto harmônico e extremamente funcional.

A construção narrativa, remete a filmes de décadas passadas, fazendo um paralelo interessante entre essa realidade retrô de jogos de tabuleiro e a modernidade de consoles, joysticks e aplicativos. É um filme pensado para aquela realidade e não para esta, embora não a exclua em momento algum. Isso gera uma nostalgia diferente, que encontra neste momento de resgate fora da tela um lugar para acontecer com mais naturalidade e identificação.

Para a ajudar no sentimento, a trilha sonora mescla clássicos de Duke Ellington a canções pop como Don’t Stop Me Now, We Are The Champions, April Wine, Capitain Jack e Sara Smile. Rever Rachel McAdams (Meninas Malvadas) à vontade em um papel cômico, também faz parte desse movimento nostálgico que o filme procura. Aliás, muito da força de A Noite do Jogo está nas interpretações e na química entre os atores, com destaque para a participação do sempre excelente Jesse Plemons (The Post: a Guerra Secreta).

Outra coisa que se destaca é uma observação apurada do ritmo do filme, que mescla gags a boas sequências de ação. Embora não seja nada inesquecível ou inédito, é um filme que tem um propósito e o atinge a contento. Tudo de maneira muito simples e orgânica, fazendo com que a diversão seja natural e espontânea.

Um Grande Momento:
Revelando com quem ela teve um caso.

Links

No IMDb