Crítica | Streaming

O Grande Dave

Visto no Cinema(Meet Dave, EUA, 2008)

Comédia

Direção: Brian Robbins

Elenco: Eddie Murphy, Gabrielle Union, Elizabeth Banks, Scott Caan, Ed Helms, Pat Kilbane, Judah Friedlander, Mike O’Malley, Kevin Hart, Marc Blucas, Austyn Myers

Roteiro: Rob Greenberg, Bill Corbett

Duração: 90 min.

Minha nota: 5/10

Acredito que muitos sabem que alguns filmes do Eddie Murphy, incluindo a última bomba Norbit, são ruins de doer. Isso faz com que qualquer possibilidade de assistir a um lançamento com o nome dele não seja a mais esperada do mundo. Então todo mundo pode imaginar como entrei no cinema para assistir ao O Grande Dave. Esperando rir uma ou duas vezes e passar raiva com o resto do filme.

Mas não foi bem assim que aconteceu. Contrariando a lógica das coisas, até cheguei a gostar do filme. Uma nave espacial do tamanho e formato de um homem e tripulada por pessoas do tamanho de um dedo médio chega à Terra para tentar resgatar um instrumento perdido alguns tempos atrás. Ao chegar se mete em várias confusões para tentar se comunicar com as outras pessoas.

Está longe de ser a coisa mais interessante e inesquecível que eu vi na minha vida, mas é divertido, bobinho e leve até demais. As risadas vêm de qualquer jeito, seja do público adulto como do público infantil.

Por falar em crianças, investindo em um humor mais “família” e mais parecido com os filminhos que eram feitos antigamente, a produção acaba conquistando esta platéia que se diverte com as trapalhadas da nave homem.

Mas, claro, algumas coisas estão exageradas demais, como o nº4, e as piadas se perdem um pouco na duração. Eddie Murphy é bom (depois de Dreamgirls comecei a achar isso), mas tem muitos maneirismos que não o largam desde Um Tira da Pesada.

Apesar disso, é legal e tem seqüências bem divertidas inéditas, diferente da tendência atual de colocar no trailer as únicas quatro piadas do filme. O elenco não é composto unicamente por um ator (Murphy ainda insiste nisso) e conta com participações que vão de medianas, sem comprometer o resultado final, a boas.

Entre coisas ruins e boas, fica na média. Um bom programa para dias à toa com a família toda. Filhos, sobrinhos e primos pequenos vão se divertir com certeza.

Um Grande Momento

O primeiro sorriso.



Links

Site Oficial

Imdb



Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Oie!

    Ibertson – Acho que você está mais do que certo, com os filmes do Eddie Murphy não vale a pena gastar o nosso dinheirinho. Mas esse filme é mesmo menos pior do que o anterior. Aí diria um amigo meu: “também, não tem como não ser…”

    Wally – Falou tudo. Deixar para o dvd vai doer menos do que ir ao cinema, mesmo que não doa muito… Hehehe

    Beijocas para vocês!

  2. Depois do horroroso “Norbit”, penso duas (ou três) vezes antes de ver qualquer filme com Eddie Murphy.

    Esse “O Grande Dave” que não parece ser tão ruim quando seu antecessor, será deixado para o DVD por mim.

    Ciao!

  3. Mesmo com alguns comentários positivos sobre esse novo filme do Eddie Murphy, só assisto ele se for de graça.

Botão Voltar ao topo