Top, top, top uh!

Os Melhores filmes lançados em 2020

Uma lista linda em um ano louco

Cecilia Barroso

Longas brasileiros
1. Sertânia, de Geraldo Sarno
2. Vermelha, de Getúlio Ribeiro
3. Casa, de Letícia Simões
4. A Febre, de Maya Da-Rin
5. O Barco, de Petrus Cariry
6. Pacarrete, de Allan Deberton
7. Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, de Bárbara
Paes
8. Narciso em Férias, de Renato Terra e Ricardo Calil
9. Meio Irmão, de Eliane Coster
10. Sol Alegria, de Tavinho Teixeira e Mariah Teixeira
11. Cidade Pássaro, de Matias Mariani
12. Breve Miragem de Sol, de Eryk Rocha
13. Fakir, de Helena Ignez
14. Alice Junior, de Gil Baroni
15. Indianara, de Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa
16. Fico Te Devendo uma Carta Sobre o Brasil, de Carol Benjamin
17. Até o Fim, de Glenda Nicácio e Ary Rosa
18. Não Toque em Meu Companheiro, de Maria Augusta Ramos
19. Fabiana, de Brunna Laboissière
20. Três Verões, de Sandra Kogut

Longas Estrangeiros
1. Retrato de uma Jovem em Chamas, de Céline Sciamma
2. Transtorno Explosivo, de Nora Fingscheidt
3. Até Logo, Meu Filho, de Wang Xiaoshuai
4. A Portuguesa, de Rita Azevedo Gomes
5. Você Não Estava Aqui, de Ken Loach
6. Deerskin: Estilo Matador, de Quentin Dupieux
7. Cicatrizes, de Miroslav Terzić
8. Joias Brutas, de Josh e Benny Safdie
9. Hotel à Beira do Rio, de Hong Sang-soo
10. Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre, de Eliza Hittman
11. O Despertar das Formigas, de Antonella Sudasassi
12. Emma., de Autumn de Wilde
13. Be Natural: A História não Contada da Primeira Cineasta do Mundo, de
Pamela B. Green
14. Soul, de Pete Docter
15. McQueen, de Ian Bonhôte
16. Uma Vida Oculta, de Terrence Malick
17. Má Educação, de Cory Finley
18. A Despedida, de Lulu Wang
19. Você Nem Imagina, de Alice Wu
20. A Escolha, de Liina Trishkina

Francisco Carbone

Longas brasileiros
1. Sertânia, de Geraldo Sarno
2. Vermelha, de Getúlio Ribeiro
3. Vaga Carne, de Grace Passô e Ricardo Alves Jr.
4) Pacarrete, de de Allan Deberton
5) O Barco, de Petrus Cariry
6) Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, de Bárbara
Paes
7) Casa, de Letícia Simões
8) Ontem Havia Coisas Estranhas no Céu, de Bruno Risas
9) A Febre, de Maya Da-Rin 
10) Sete Anos em Maio, de Affonso Uchôa
11) Sol Alegria, de Tavinho Teixeira e Mariah Teixeira
12) Narciso em Férias, de Renato Terra e Ricardo Calil
13) Emicida: AmarElo – É Tudo Pra Ontem, de Fred Ouro Preto
14) Modo de Produção, de Dea Ferraz
15) Fico Te Devendo uma Carta Sobre o Brasil, de Carol Benjamin
16) Indianara, de Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa
17) Fabiana, de Brunna Laboissière
18) Todos os Mortos, de Caetano Gotardo e Marco Dutra
19) Cidade Pássaro, de Matias Mariani
20) Baixo Centro, de Ewerton Belico e Samuel Marotta

Longas estrangeiros
1. Uma Vida Oculta, de Terrence Malick
2. Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre, de Eliza Hittman
3. Retrato de uma Jovem em Chamas, de Céline Sciamma
4. Joias Brutas, de Josh e Benny Safdie 
5. Martin Eden, de Pietro Marcello
6. O Farol, de Robert Eggers
7. Até Logo, Meu Filho, de Wang Xiaoshuai
8. Happy Old Year, de Nawapol Thamrongrattanarit
9. Tempo de Caça, de Yoon Sung-Hyun
10. Deerskin: Estilo Matador, de Quentin Dupieux
11. Antologia da Cidade Fantasma, de Denis Côté
12. O Que Ficou pra Trás, de Remi Weekes
13. Soul, de Pete Docter
14. 1917, de Sam Mendes
15. As Mortes de Dick Johnson, de Kirsten Johnson
16. O Mistério de Silver Lake, de David Robert Mitchell
17. A Despedida, de Lulu Wang 
18. A Vastidão da Noite, de Andrew Patterson
19. Estou Pensando em Acabar com Tudo , de Charlie Kaufman
20. Ya no estoy aqui, de Fernando Frias

Lorenna Montenegro

Longas brasileiros
1. Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, de Bárbara
Paes
2. Abismo Tropical, de Paulo Caldas
3. Alice Junior, de Gil Baroni
4. Emicida: AmarElo – É Tudo Pra Ontem, de Fred Ouro Preto
5. Mulher Oceano, de Djin Sganzerla
6. Sertânia, de Geraldo Sarno
7. Indianara, de Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa
8. Pacarrete, de de Allan Deberton
9. Todos os Mortos, de Caetano Gotardo e Marco Dutra
10. Vaga Carne, de Grace Passô e Ricardo Alves Jr.
11. Cidade Pássaro, de Matias Mariani
12. M8 – Quando a morte socorre a vida, de Jeferson De
13. Sementes: Mulheres Pretas no Poder, de Éthel Oliveira e Júlia Mariano
14. A Febre, de Maya Da-Rin 
15. Breve Miragem de Sol, de Eryk Rocha
16. Fakir, de Helena Ignez
17. Aos Olhos de Ernesto, de Ana Luíza Azevedo
18. Narciso em Férias, de Renato Terra e Ricardo Calil
19. Três Verões, de Sandra Kogut
20. Fico Te Devendo uma Carta Sobre o Brasil, de Carol Benjamin

Longas estrangeiros
1. Be Natural: A História não Contada da Primeira Cineasta do Mundo, de
Pamela B. Green
2. Retrato de uma Jovem em Chamas, de Céline Sciamma
3. A Jornada, de Alice Winocour
4. Soul, de Pete Docter
5. Wolfwalkers, de Tomm Moore, Ross Stewart
6. Você Não Estava Aqui, de Ken Loach
7. Uma Vida Oculta, de Terrence Malick
8. Ema, de Pablo Larraín
9. A Despedida, de Lulu Wang 
10.  Joias Brutas, de Josh e Benny Safdie 
11. Mulan, de Niki Caro
12. O Som do Silêncio, de Darius Marder
13. Queen & Slim, de Melina Matsoukas
14. Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre, de Eliza Hittman
15. Estou Pensando em Acabar com Tudo , de Charlie Kaufman
16. Dogs Don’t Wear Pants, de J.-P. Valkeapää
17. As Mortes de Dick Johnson, de Kirsten Johnson
18. O Farol, de Robert Eggers
19. Adoráveis Mulheres, de Greta Gerwig
20. Emma., de Autumn de Wilde

Página anterior 1 2

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Francisco Carbone

Jornalista, crítico de cinema por acaso, amante da sala escura por opção; um cara que não consegue se decidir entre Limite e "Os Saltimbancos Trapalhões", entre Sharon Stone e Marisa Paredes... porque escolheu o Cinema.

Lorenna Montenegro

Lorenna Montenegro é crítica de cinema, roteirista, jornalista cultural e produtora de conteúdo. É uma Elvira, o Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema e membro da Associação de Críticos de Cinema do Pará (ACCPA). Cursou Produção Audiovisual e ministra oficinas e cursos sobre crítica, história e estética do cinema.
Botão Voltar ao topo