Notícias

47º Festival Sesc Melhores Filmes anuncia vencedores

Filmes ficam disponíveis on-line até 5 de maio

Foram anunciados hoje (14), os premiados do 47º Festival Sesc Melhores Filmes. O evento foi apresentado pelo ator Silvero Pereira e contou com a participação de vários artistas que se destacaram em 2020. Foram anunciados os vencedores escolhidos pelo júri do público e pelo júri especializado e o melhor é que muitos dos filmes poderão ser vistos por todos, na segurança de suas casas, até o dia 5 de maio, pela plataforma Sesc Digital.

Além dos filmes mais votados de 2020, o festival vai trazer sessões especiais de clássicos premiados em edições passadas, como o alemão A Vida dos Outros, de Florian Henckel von Donnersmarck, o inglês Segredos e Mentiras, de Mike Leigh, e o francês Meu Tio da América, de Alain Resnais. Além de uma homenagem à atriz brasileira Marcélia Cartaxo, eleita melhor atriz nacional pelo voto popular e pela crítica, com a exibição dos filmes A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante, e A Hora da Estrela, de Suzana Amaral. Na Faixa Especial Abril Indígena, serão exibidos os filmes brasileiros Serras da Desordem, de Andrea Tonacci, e Martírio, de Vincent Carelli, Tatiana Almeida e Ernesto de Carvalho.

Além das exibições, uma programação especial, com atividades especiais e encontros com realizadores e pensadores do cinema também estão programadas, como os encontros on-line: Cinema Negro em Várias Telas; Histórias Indígenas e o Brasil em Ruínas; Cinema Nordestino Contemporâneo: Uma Só Identidade?; e A Fotografia no Cinema: Sertânia e Pacarrete. A programação completa está no site do festival.

Pacarrete, de Allan Deberton

Confira a lista copleta de premiados no 47º Festival Sesc Melhores Filmes

VOTO POPULAR

Melhor Filme Nacional: Pacarrete
Melhor Direção Nacional: Jeferson De (M8 – Quando a morte socorre a vida)
Melhor Atriz Nacional: Marcélia Cartaxo (Pacarrete)
Melhor Ator Nacional: Juan Paiva (M8 – Quando a morte socorre a vida)
Melhor Documentário: Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou
Melhor Roteiro: Pacarrete (Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro)
Melhor Fotografia: Beto Martins (Pacarrete)
Melhor Filme Estrangeiro: Retrato de uma jovem em chamas
Melhor Direção Estrangeira: Céline Sciamma (Retrato de uma jovem em chamas)
Melhor Atriz Estrangeira: Scarlett Johansson (Jojo Rabbit)
Melhor Ator Estrangeiro: Willem Dafoe (O farol)

Melhores filmes
Retrato de uma Jovem em Chamas, de Céline Sciamma

VOTO DA CRÍTICA

Melhor Filme Nacional: Pacarrete
Melhor Direção Nacional: Geraldo Sarno (Sertânia)
Melhor Atriz Nacional: Marcélia Cartaxo (Pacarrete)
Melhor Ator Nacional: Irandhir Santos (Fim de festa)
Melhor Documentário: Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou
Melhor Roteiro: Pacarrete (Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro)
Melhor Fotografia: Miguel Vassy (Sertânia)
Melhor Filme Estrangeiro: Retrato de uma jovem em chamas
Melhor Direção Estrangeira: Céline Sciamma (Retrato de uma jovem em chamas)
Melhor Atriz Estrangeira: Adèle Haenel (Retrato de uma jovem em chamas)
Melhor Ator Estrangeiro: Willem Dafoe (O farol)

Serviço
PROGRAMAÇÃO 47º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES
De 14 de abril a 5 de maio

EXIBIÇÃO DE FILMES
sescsp.org.br/cinemaemcasa

Redação

O Cenas de Cinema é um veículo informal e divertido que tem como principal objetivo divulgar a sétima arte, com críticas, notícias, listas e matérias especiais
Botão Voltar ao topo