estante

Inesquecível

Visto em DVD(Inesquecível, BRA, 2007)

Drama

Direção: Paulo Sérgio de Almeida

Elenco: Murilo Benício, Caco Ciocler, Guilhermina Guinle, Marly Bueno, Fernanda Machado

Roteiro: Horácio Quiroga, Marcos Bernstein

Duração: 90 min.

Minha nota: 4/10

Em Buenos Aires uma mulher conhece um fotógrafo e os dois se apaixonam mas não podem viver o amor. Ela volta para o Brasil e os dois se reencontram no dia de seu casamento com um famoso ator, produtor e ricaço que, por acaso, é o melhor amigo do fotógrafo.

A história tumultuada é interessante até certo ponto, mas acaba se perdendo e fica meio arrastada, sem falar no final viajante demais.

Com cara de especial da Globo e um som péssimo, o filme deixa a desejar e não consegue se segurar nos atores principais. Caco Ciocler e Murilo Benício têm atuações contidas que não chegam a comprometer muito, mas Guilhermina Guinle é muito fraquinha.

A trilha é até boa e a fotografia é bem interessante.

Bom para quem não perde filmes nacionais ou para aqueles que conseguem esperal a Sessão Brasil no Intercine.

Um Médio Momento

A sessão de fotografias é bem bonita.

Links

Imdb



Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Oi Johnny!

    É verdade! Tentar levar uma linguagem para um ambiente de linguagem completamente diferente não dá certo mesmo.
    Um dia eles entendem isso…

    Beijinhos

  2. Curiosamente só vejo esculacho para esse filme … é amiga … parece que o povo ainda não aprendeu que cinema é uma coisa e tv é outra …

  3. Oie gente!

    Vulgo Dudu – Sinto a mesma coisa que você. Como me irrita esse negócio de alugar um dvd e ver coisas que já vemos todos os dias no plim-plim. É um problema, mas como sempre acredito que vai melhorar, ainda insisto…

    Bruna – Não foi só o sono não. O filme vai perdendo a linha e vai ficando bem irritante do meio para o final. Algumas soluções são ridículas e as cenas fazem o melhor estilo “ninguém merece”.
    Obrigada pelo comentário sobre a Last. O trabalho é muito, mas vale a pena.

    Beijocas para vocês!

  4. Não sei se foi o sono (é claro que foi!), mas a história começou a me incomodar muito no final.
    O Caco Ciocler até que se esforça, mas os outros deixam tudo menos interessante.

    A propósito, obrigada pela visita. Tenho certeza de que a Last.fm será ainda melhor, ainda mais com seu esforço em deixar as coisas arrumadas.

    Beijos.

  5. Só pelo elenco eu já fugiria… Eu simplesmente odeio o cinema global! Eles ainda não aprenderam qual é a diferença entre cinema e TV. Aliás, nem aprenderam qual é a diferença entre teatro e TV…

    Bjs!

Botão Voltar ao topo
Fechar