Crítica | Streaming

Madagascar 2

Visto no Cinema(Madagascar: Escape 2 Africa, EUA, 2008)

Animação/Infantil

Direção: Eric Darnell, Tom McGrath

Roteiro: Etan Cohen

Duração: 89 min.

Minha nota: 7/10

Depois de um filme bem mais adulto e cheio de referências que não faziam o menor sentido para os pequenos, o leão Alex, o zebra Marty, a hipopótamo Glória e o girafa Melman voltam às telonas com um texto mais inocente e um história com mais significados, mas claro que vez por outra fazem alguma referência.

Tentado voltar para Nova York em um avião sucateado que cai de repente, os quatro amigos acabam parando no meio da savana africana onde encontram seus semelhantes selvagens e vivem uma realidade familiar antes desconhecida.

A interação com o público infantil pode ser notada logo no começo do filme e, como em todos os filmes do Dreamworks, os grandinhos também se emocionam e divertem com muitas das cenas.

Mais engraçado, o roteiro consegue juntar novos personagens e uma carga dramática mais significativa a tudo que foi bom no primeiro episódio. Moto-Moto, o hipopótamo conquistador; Makunga, o leão-vilão, e Zuba, o pai de Alex (na versão em inglês dublado por Bernie Mac, falecido este ano) são algumas das novas figurinhas.

Os pingüins e toda a sua inteligência continuam aprontando das suas e o rei Maurice, que também não poderia sumir assim, resolve acompanhar o bando para, quem sabe, conquistar o mundo.

No final das contas, para mim, a única coisa melhor no primeiro filme foi a trilha sonora. A animação, três anos depois, é muito superior.

Uma nova seqüência é aguardada para 2011, mas acho que é um pouco de exagero. Vamos ver no que vai dar.

Uma excelente opção para aqueles que querem se divertir. Os pequenos vão adorar com certeza.

Um Grande Momento

Dançando para os homens.

Links

Site Oficial

Imdb



Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.

Um Comentário

  1. Olá!

    Lucas – Eu senti exatamente a mesma coisa que você. Estou doida para conferir a versão legendada…

    Robson – Para quem quer se divertir é uma boa mesmo. O roteiro é bem engraçado. Acho que você vai gostar…

    Beijocas

  2. Ceci,

    Vou ser sincero que não estava tão empolgado pra conferir esse filme mas já estou ouvindo falar bem. Quero me divertir, acho que vou!

    =)

  3. eu adorei e devo admitir que este é melhor q seu antecessor. de fato o roteiro é mais interessante e os dialogos mais divertidos. eu ja rolei de rir na versao dublada com o rei julien e fico imaginando como o personagem deve ser mto mais atraente com a voz do humorista sacha baron cohen.

  4. Oie!!

    Kau – Pois é… Eu percebi que o pessoal está bem dividido, né? Mas, para mim, esse foi bem melhor no conjunto da obra.

    Cleber – Eu achei os dois bons, mas esse é bem melhor e, por incrível que pareça, as pessoas com quem conversei que não gostaram do primeiro, adoraram o segundo.

    Pedro – Também achei bem engraçada a semelhança do nome. Esse cara está fazendo nome e chamando a atenção de muita gente. Trovão Tropical também é dele.

    Beijocas para vocês!

  5. Etan Cohen? Se fosse Ethan Coen eu veria no cinema.. Deixo esse pro dvd.

  6. Só por Jesus, o primeiro já era horrivel, esse então … NEM FALO . pessimo !

  7. É, Cecília, a aceitação deste vem sendo bem complicada. Eu, particularmente, adorei o primeiro e ri bastante com o trailer deste segundo!! Mas vou esperar um tempo para ver…hahahahahaha.

    Beijos!

Botão Voltar ao topo
Fechar