Notícias

Mostra macaBRo: o novo cinema brasileiro de horror

A produção brasileira recente em uma mostra só dela

Mostra macaBRo: A Noite Amarela
A Noite Amarela, de Ramon Porto Mota

28 de outubro, quarta-feira
18h – O Hóspede (curta-metragem), de Anacã Agra e Ramon Porto Mota
19h – Live com a crítica de cinema Beatriz Saldanha e os diretores Ramon Porto Mota e Ian Abé, da produtora homenageada Vermelho Profundo
20h – A Noite Amarela (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Ramon Porto Mota

29 de outubro, quinta-feira
16h – Cova Aberta (curta-metragem), de Ian Abé
18h – O Nó do Diabo – Episódio 1, de Ramon Porto Mota
20h – Canto dos Ossos, de Jorge Polo e Petrus de Bairros

30 de outubro, sexta-feira
18h – O Nó do Diabo – Episódio 2, de Gabriel Martins
19h – Live com a pesquisadora Yasmine Evaristo e a produtora Mariah Benaglia e o diretor Jhésus Tribuzi, da produtora homenageada Vermelho Profundo
20h – Os Mortos (curta-metragem), de Jhésus Tribuzi

31 de outubro, sábado
15h – O Nó do Diabo – Episódio 3, de Ian Abé
16h – Curso “Trajetória do horror no cinema brasileiro” com o curador Carlos Primati – Módulo 1: Os primórdios do horror brasileiro (melodramas góticos, comédias de fantasmas e filmes de selva)
18h – O Desejo do Morto (curta-metragem), de Ramon Porto Mota
19h – Debate “O terror e o cinema brasileiro” com a cineasta Gabriela Amaral Almeida, o cineasta Rodrigo Aragão, a crítica de cinema Flávia Guerra. Mediação do curador Carlos Primati.
20h – A Mata Negra, de Rodrigo Aragão

01 de novembro, domingo
16h – O Nó do Diabo – Episódio 4, de Jhésus Tribuzi
18h – Mais Denso que o Sangue (curta-metragem), de Ian Abé
20h – Não tão Longe (curta-metragem), de Ian Abé

02 de novembro, segunda-feira
16h – O Nó do Diabo – Episódio 5, de Ramon Porto Mota
18h – Sem seu Sangue (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Alice Furtado
19h – Live com o curador Carlos Primati e a diretora de “Sem seu sangue” Alice Furtado
20h – As Núpcias de Drácula, de Matheus Marchetti

03 de novembro, terça-feira
18h – A Noite Amarela (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Ramon Porto Mota
20h – Os Jovens Baumann (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Bruna Carvalho Almeida

Mostra macaBRo: O Animal Cordial
O Animal Cordial, de Gabriela Amaral Almeida

04 de novembro, quarta-feira
18h – Christabel, de Alex Levy-Heller
19h – Live com a pesquisadora Laura Loguercio Cánepa e a diretora homenageada Gabriela Amaral Almeida
20h – O Animal Cordial, de Gabriela Amaral Almeida

05 de novembro, quinta-feira
18h – Uma Primavera (curta-metragem), de Gabriela Amaral Almeida
20h – #ninfabebê, de Aldo Pedrosa

06 de novembro, sexta-feira
18h – Estátua! (curta-metragem), de Gabriela Amaral Almeida
19h – Live com o curador Breno Lira Gomes e o ator de “Quando eu era vivo” Antonio Fagundes
20h – Quando eu era Vivo, de Marco Dutra

07 de novembro, sábado
14h – O Segredo dos Diamantes, de Helvécio Ratton
15h – A Mão que Afaga (curta-metragem), de Gabriela Amaral Almeida
16h – Curso “Trajetória do horror no cinema brasileiro” com o curador Carlos Primati – Módulo 2: José Mojica Marins e seu legado
18h – O Caseiro, de Julio Santi
19h – Palestra com a cineasta Gabriela Amaral Almeida com o tema “Escrevendo histórias de terror para o cinema”
20h – A Sombra do Pai, de Gabriela Amaral Almeida

08 de novembro, domingo
16h – O Animal Cordial, de Gabriela Amaral Almeida
18h – O Clube dos Canibais, de Guto Parente
20h – Condado Macabro, de Marcos deBrito

Mostra macaBRo: Terminal Praia Grande
Terminal Praia Grande, de Mavi Simão

09 de novembro, segunda-feira
18h – Quando eu era vivo, de Marco Dutra
19h – Live com o curador Carlos Primati e o diretor de “Quando eu era vivo” e montador dos curtas da homenageada, Marco Dutra
20h – Terminal Praia Grande, de Mavi Simão

10 de novembro, terça-feira
18h – A Sombra do Pai, de Gabriela Amaral Almeida
20h – Terra e Luz, de Renné França

11 de novembro, quarta-feira
18h – A Capital dos Mortos 2: Mundo Morto, de Tiago Bellotti
20h – Nocturnu (curta-metragem), de Dennison Ramalho
21h30 – Live com o crítico Marcelo Miranda e o cineasta homenageado Dennison Ramalho

12 de novembro, quinta-feira
16h – Canto dos Ossos, de Jorge Polo e Petrus de Bairros
18h – Amor só de mãe (curta-metragem), de Dennison Ramalho
20h – Quando o Galo Cantar pela Terceira vez Renegarás tua Mãe, de Aaron Salles Torres

13 de novembro, sexta-feira
18h – O Diabo Mora Aqui, de Rodrigo Gasparini e Dante Vescio
19h – Live com o curador Breno Lira Gomes e a atriz de “Morto não fala” Bianca Comparato
20h – Morto não Fala, de Dennison Ramalho

14 de novembro, sábado
16h – Curso “Trajetória do horror no cinema brasileiro” com o curador Carlos Primati – Módulo 3: Horror anos 80
18h – As Núpcias de Drácula, de Matheus Marchetti
19h – Debate “A atuação no cinema de terror” com a atriz Luciana Paes, a crítica de cinema Cecília Barroso. Mediação do curador Breno Lira Gomes.
20h – Christabel, de Alex Levy-Heller

15 de novembro, domingo
16h – Ninjas (curta-metragem), de Dennison Ramalho
18h – Condado Macabro, de Marcos deBrito
20h – Mal Nosso, de Samuel Galli

Mostra macaBRo: O Clube dos Canibais
O Clube dos Canibais, de Guto Parente

16 de novembro, segunda-feira
16h – A Casa de Cecília, de Clarissa Appelt
18h – O Caseiro, de Julio Santi
19h – Live com o curador Breno Lira Gomes e a atriz e produtora de “Através da sombra” Virginia Cavendish
20h – Através da Sombra, de Walter Lima Jr.

17 de novembro, terça-feira
16h – Morto não Fala, de Dennison Ramalho
18h – Terra e Luz, de Renné França
20h – A Capital dos Mortos 2: Mundo Morto, de Tiago Belotti

18 de novembro, quarta-feira
18h – O Clube dos Canibais, de Guto Parente
19h – Live com o curador Carlos Primati e o cineasta Paulo Biscaia Filho, o crítico e pesquisador Rodolfo Stancki e o produtor Paulo Duarte sobre a obra de José Mojica Marins
20h – O Saci (curta-metragem), de José Mojica Marins

19 de novembro, quinta-feira
16h – A Lasanha Assassina (curta-metragem), de Ale McHaddo
18h -#ninfabebê, de Aldo Pedrosa
20h – Mal Nosso, de Samuel Galli

20 de novembro, sexta-feira
18h – O Segredo de Davi (Acessível: Legenda descritiva), de Diego Freitas
19h – Live com o curador Breno Lira Gomes e o ator de “O segredo de Davi” Nicolas Prattes
20h – Tirarei as Medidas do seu Caixão (curta-metragem), de Diego Camelo

21 de novembro, sábado
14h – O Segredo dos Diamantes, de Helvécio Ratton
16h – Curso “Trajetória do horror no cinema brasileiro” com o curador Carlos Primati – Módulo 4: O horror no cinema brasileiro contemporâneo
18h – Os Jovens Baumann, (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Bruna Carvalho Almeida
19h – Palestra com a pesquisadora e crítica de cinema Beatriz Saldanha com o tema “Diretoras e o terror”
20h – A Casa de Cecília, de Clarissa Appelt

22 de novembro, domingo
16h – Através da Sombra, de Walter Lima Júnior
18h – Coração das trevas (Coffin Joe’s Heart of Darkness – curta-metragem)
20h – Quando o Galo Cantar pela Terceira Vez Renegarás tua Mãe, de Aaron Salles Torres

23 de novembro, segunda-feira
18h – O Cemitério das Almas Perdidas, de Rodrigo Aragão
19h – Live com o curador Carlos Primati e o diretor de “O cemitério das almas perdidas” e “A mata negra”, Rodrigo Aragão
20h – A Mata Negra, de Rodrigo Aragão

O Cemitério das Almas Perdidas (2020)
O Cemitério das Almas Malditas, de Rodrigo Aragão

SERVIÇO
Mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo 
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil 
Curadoria: Breno Lira Gomes e Carlos Primati 
Data: De 28 de outubro a 23 de novembro 
As exibições serão gratuitas e online na plataforma: darkflix.com.br/macabro  
Cursos e palestras com inscrições via Sympla
Debates e lives disponíveis no Youtube e Instagram [email protected], sem necessidade de inscrição prévia 

com informações da assessoria

Mostra macaBRo – Mostra macaBRo

Página anterior 1 2

Redação

O Cenas de Cinema é um veículo informal e divertido que tem como principal objetivo divulgar a sétima arte, com críticas, notícias, listas e matérias especiais
Botão Voltar ao topo