Festival do Rio 2022

  • Crítica | Streaming e VoD
    Mato Seco em Chamas

    Mato Seco em Chamas

    Mato Seco em Chamas é uma peça documental, que também é um profundo petardo feminista, que também é uma alegoria futurista

  • Crítica | Cinema
    Transe (2022)

    Transe

    Os sons e silêncios que nascem da ruptura inicial do triângulo de Transe provocam uma catarse psicológica nunca explodida mas sempre evidente

  • Crítica | Festival
    Fogaréu

    Fogaréu

    O que fica mesmo claro é uma vocação para o excesso em Fogaréu, um filme com um acúmulo de boas ideias todas colocadas perfiladas

  • Crítica | Outras metragens
    Big Bang

    Big Bang

    Big Bang não é uma obra de caráter único, mas sim com uma observação absolutamente condizente a um tema tão pouco explorado

  • Crítica | Festival
    Living

    Living

    Living exibe uma potência na criação de imagens, porque elas elaboram esteticamente o universo que o roteiro apresenta verbalmente

  • Crítica | Streaming e VoD
    Carvão

    Carvão

    Carvão encontra uma solidez rara de se perceber em estreantes, e sua vitalidade está em Markowicz, que captura os gestos certos em cada ação

  • Crítica | Festival
    Monica

    Monica

    Monica parte de uma ideia de abandono, muito mais do que de solidão e depressão, se tornando sem concessões para o que se vê

  • Crítica | Festival
    Walk Up

    Walk Up

    Walk Up escolhe um momento como a dizer que o Homem está muito mais interessado em sua própria preguiça do que na realização

  • Crítica | Streaming e VoD
    Close

    Close

    A inocência diante da perda e a posterior culpa, como uma passagem obrigatória da vida, do qual não podemos surgir: isso é Close

  • Crítica | Catálogo
    Operação Hunt

    Operação Hunt

    Se não fossem elenco e direção, Operação Hunt naufragaria na tentativa falha de estabelecer contato com o público em sua abordagem complexa

  • Crítica | Festival
    A Cozinha

    A Cozinha

    O interesse por A Cozinha tende a se esvaziar, já que terminamos a produção tão cheio de enigmas a resolver quanto quando entramos

  • Crítica | Outras metragens
    Escasso

    Escasso

    Escasso consegue se comunicar com o público, além de promover intersecção com um ‘cinema de qualidade’, outorgando sujeira ao seu resultado

  • Crítica | Streaming e VoD
    Propriedade (2022)

    Propriedade

    Não falta personalidade a Propriedade, além de uma característica curiosa: o filme tem coragem de manter-se fiel aos seus desígnios

  • Crítica | Streaming e VoD
    Os Banshees de Inisherin

    Os Banshees de Inisherin

    Em um mundo onde as guerras seguem de um motivo específico para tornar-se nada, The Banshees of Inisherin é um retrato acurado sobre o hoje. 

  • Crítica | Catálogo
    Till - A Busca por Justiça

    Till: A Busca por Justiça

    Além de tudo, Till ainda é uma experiência que persegue o cinema de gênero em sua estrutura, e isso vem dos eventos reais

  • Crítica | Streaming e VoD
    Pérola (2022)

    Pérola

    Pérola é transformação, de um espaço das rubricas de um texto de palco, ganhar vida para longe dele a um formato com curvas diferenciadas

  • Crítica | Festival
    Você Não Terá Meu Ódio

    Você Não Terá Meu Ódio

    Você Não Terá Meu Ódio é bem explícito e muito pesado no seu projeto de tratar a tragédia de um ponto de vista da sobrevivência emocional

  • Crítica | Festival
    A Filha do Caos

    A Filha do Caos

    O que é criado em A Filha do Caos é um material essencialmente híbrido, um mergulho profundo entre artes até alcançar um registro inédito

  • Crítica | Streaming e VoD
    Regra 34

    Regra 34

    A representação de uma liberação sexual de caráter significativo coloca Regra 34 em lugar especial, pouco ou nada explorado

  • Crítica | Festival
    Não é a primeira vez que lutamos pelo nosso amor

    Não é a Primeira Vez que Lutamos pelo Nosso Amor

    É nesse ponto em que Não é a Primeira Vez que Lutamos pelo Nosso Amor cria um atrito dentro do movimento ‘queer’, demonstrando coragem

Botão Voltar ao topo