Top, top, top uh!

Meus melhores de 2018: Lançamentos

Todo mundo sabe que a ideia das listas é chegar a um número pequeno de filmes que represente aquilo que o foi o ano cinéfilo – daquela única pessoa e de mais ninguém – no cinema. Como disse na lista de curtas, inéditos e brasileiros, o normal é sofrer para completar todas as posições, algo que não aconteceu comigo em 2018. O difícil – impossível – dessa vez foi ficar só nos dez títulos.

Por isso, aqui vão os 21 filmes lançados, ou nos cinemas ou em VoD, que marcaram o meu ano de 2018. Um ano onde tanta coisa se revelou e precisou ser dita: onde, pessoalmente, tanto aconteceu, o cinema foi o local de encontrar essas falas e realidades que, de algum jeito, nos ajudam a seguir em frente e a ter forças para esse caminhar. Agora, ainda mais do que antes.

Para os que não se importam, aproveitem a lista toda. Já os puristas podem ficar só com os dez primeiros colocados.

Apoie o Cenas

Se der, um Feliz 2019 a todos!

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

21. Vingadores: Guerra Infinita, de Joe Russo e Anthony Russo
20. Super Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos, de Sérgio Oliveira
19. Amante por um Dia, de Philippe Garrel
18. O Animal Cordial, de Gabriela Amaral Almeida
17. A Câmera de Claire, de Hong Sang-soo

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

16. Paddington 2, de Paul King
15. Benzinho, de Gustavo Pizzi
14. Um Crime Americano, de T.J. Martin e Daniel Lindsay
13. Para Ter Onde Ir, de Jorane Castro
12. Roma, de Alfonso Cuarón

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

11. O Dia Depois, de Hong Sang-soo

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

10. O Pacto de Adriana, de Lissette Orozco

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

9. Em Chamas, de Lee Chang-dong

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

8. Infiltrado na Klan, de Spike Lee

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

7. O Outro Lado do Vento, de Orson Welles

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

6. Me Chame pelo seu Nome, Luca Guadagnino

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

5. Western, de Valeska Grisebach

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

4. Pela Janela, de Caroline Leone

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

3. Ponto Cego, de Carlos López Estrada

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

2. Trama Fantasma, de Paul Thomas Anderson

Cecilia Barroso | Cenas de Cinema

1. Arábia, de Affonso Uchoa e João Dumans

Menções: Antes que Tudo Desapareça, de Kiyoshi Kurosawa; Rey, de Niles Atallah; Asako I & II, de Ryūsuke Hamaguchi; Projeto Flórida, de Sean Baker; As Herdeiras, de Marcelo Martinessi; A Balada de Buster Scrugges, de Joel e Ethan Coen; Lazzaro felice, de Alice Rohrwacher; Um Lugar Silencioso, de John Krasinski

Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. Faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.
Botão Voltar ao topo