Começa hoje a 21ª edição da Mostra de Tiradentes. O evento abre o calendário dos festivais de cinema do Brasil e é hoje a principal vitrine da nova produção nacional. Em sua mostra principal, a Aurora, volta-se a diretores que tenham até dois longas-metragens e apresenta ao público o que há sendo feito de novo no cinema.

Este ano, o tema da Mostra de Tiradentes é O Chamado Realista, pois além de escolas e da sempre presença do real na produção nacional, percebe-se nos últimos anos uma inserção muito maior de imagens reais na construção ficcional, assim como de imagens construídas na criação documental. É no determinar desta linha tênue entre os dois universos que os curadores montaram sua seleção.

O homenageado desta edição é o ator Babu Santana, que além de receber o troféu barroco, terá uma retrospectiva com títulos que marcaram sua carreira, além da pré-estreia de seu último trabalho junto ao Nós no Morro.

Como sempre, a programação é inteiramente gratuita e conta ainda com seminários, debates, oficinas e várias apresentações artísticas. Para mais detalhes, basta acessar o site do evento.

Confira os textos sobre os filmes da 21ª Mostra de Tiradentes:

Mostra Aurora
Dias Vazios
Ara Pyau – A Primavera Guarani
IMO

Mostra Olhos Livres
Navios de Terra
Inaudito
Fernando

Mostra Chamado Realista
Era uma Vez Brasília
Arábia

Mostra Praça
Escolas em Luta

Mostra Homenagem
Bandeira de Retalhos
Tim Maia

Filme de abertura
Café com Canela