Cecilia Barroso

Cecilia Barroso é jornalista cultural e crítica de cinema. Mãe do Digo e da Dani, essa tricolor das Laranjeiras convive desde muito cedo com a sétima arte, e tem influências, familiares ou não, dos mais diversos gêneros e escolas. É votante internacional do Globo de Ouro e faz parte da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema, Critics Choice Association, OFCS – Online Film Critics Society e das Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema.
  • Crítica | Outras metragens

    Who’s That Man Inside My House

    O curta Who's That Man Inside My House é identificação e desgosto, medo e vergonha. É a transformação de uma imagem em horror

  • Crítica | Outras metragens

    A Viagem de Ícaro

    A Viagem de Ícaro é cheio de definições e referências que ultrapassam o desejo dos documentaristas, mas que são por eles manipuladas

  • Crítica | Festival

    Exílio

    Há exagero e há deslizes, mas Exílio é uma viagem curiosa por ilustrar o mundo através de antigas definições e jogar com elas o tempo todo

  • Crítica | Outras metragens
    5 Estrelas (curta)

    5 Estrelas

    5 Estrelas mistura elementos muito próximos da realidade. Com eles, entrega uma história interessante, as relações distanciadas do cotidiano

  • Crítica | Festival

    Tubarões Voadores

    Tubarões Voadores entrega aquilo que promete. Não dá para acreditar em nada daquilo que se vê, mas também não dá para não se divertir

  • Crítica | Festival

    Terminal Praia Grande

    Terminal Praia Grande por vezes se perde na tentativa gráfica, mas acerta na construção de uma viagem, relacionando-se com lendas populares

  • Crítica | Festival

    O Cemitério das Almas Perdidas

    Há interesse na mensagem que O Cemitério das Almas Perdidas traz e seu cinema de horror visual inspirado nos primórdios do gênero.

  • Crítica | Streaming e VoD
    Lindinhas (2020)

    Lindinhas

    O interesse de Lindinhas está em explorar um universo de inadequação criado pelo consumo, pelo acesso facilitado a qualquer conteúdo

  • Crítica | Streaming e VoD
    Judah Lewis em A Babá: Rainha da Morte

    A Babá: Rainha da Morte

    Se visto de maneira despretensiosa A Babá: Rainha da Morte pode divertir. Elementos tem, mesmo que eles precisem muito do desprendimento

  • Crítica | Festival

    Normal

    Normal tenta acompanhar o desenvolvimento da imposição social que vai se construindo discretamente ao longo da vida

  • Crítica | Festival

    A Passagem

    Entre o documentário e a ficção, a verdade e a fabulação, A Passagem capta a essência cruel de qualquer conflito bélico. Passado ou presente.

  • Crítica | Streaming e VoD

    A Bagagem

    A Bagagem impressiona não apenas por embarcar em mitos e construções narrativas, mas também fazer pensar em questões bem profundas

  • Crítica | Streaming e VoD

    Narciso em Férias

    Narciso em Férias é um documentário minimalista, não está interessado em ilustrações e pausas. Se intervém, o faz de maneira sutil

  • Crítica | Catálogo

    A Jangada de Welles

    São questões relevantes, bem dispostas em A Jangada de Welles, graças à pesquisa elaborada, que descobre a reide e também outros eventos

  • Crítica | Festival

    Helen

    Helen é fiel ao mostrar, dessa vez sem julgamentos, o modo como a relação de sua protagonista se dá com a própria configuração familiar

  • Crítica | Festival

    Meu Pretzel Mexicano

    Meu Pretzel Mexicano é um filme consciente, ousado, que usa e abusa da imaginação, daquela que o cria e daqueles que nele mergulham.

  • Crítica | Festival

    Avesso Festa Baile

    Avesso Festa Baile é uma das peças na construção e afirmação do vídeo como estética, uma antecipação de tudo que está sendo visto hoje

  • Crítica | Festival

    Madame

    Tem elementos que podem fazer um filme de churrasco funcionar e Madame, uma carta de amor de um neto para a avó, é um deles

  • Crítica | Festival
    Praça Needle Baby

    Praça Needle Baby

    Não dá para negar que Praça Needle Baby, com sua mão pesada, chega exatamente onde queria chegar e provoca tudo aquilo que queria provocar

  • Crítica | Streaming e VoD

    Estou Pensando em Acabar com Tudo

    Estou Pensando em Acabar com Tudo pode ser um thriller melancólico e sombrio, e pode chegar, num piscar dos olhos, a uma composição de balé

Botão Voltar ao topo