NotíciasOscar

Oscar 2021: Apostas nos indicados

Em dois dias, a cinefilia não estará falando em outra coisa que não a lista de indicados ao Oscar 2021. Esse é o momento ideal para declarar apostas finais nas principais categorias, com base nas premiações e indicações anteriores, em tendências de crescimento das últimas semanas, de intuição também, de quem se diverte jogando esse jogo há mais de 20 anos, e cada vez acha mais divertida a preocupação excessiva com algo que não é do controle de ninguém, em específico. Partindo da certeza de que se trata de um colegiado com mais de 9 mil membros votantes, como culpar alguém? Por isso, as tendências são tão bem vindas à discussão.

A notar os crimes que são cometidos anualmente pela Academia, ao simplesmente ignorar alguns títulos indispensáveis ao ano. Nessa temporada, deverão estar nessas vagas First Cow, Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre e provavelmente Destacamento Blood.

Abaixo, cito minhas apostas nas categorias citadas e deixo abaixo sempre uma alternativa junto a um breve comentário sobre a corrida em cada uma delas:

MELHOR FILME

Alt: The Mauritanian

Como o máximo permitido na categoria são 10 títulos, completei o grupo, mas na verdade algo me diz que serão apenas 9 indicados, ou seja, pra mim o filme dirigido por Darius Marder seria o último da lista, que está bem tranquila a essa altura, muito mais que as seguintes.

Mank Oscar 2021 Apostas
Mank

MELHOR DIREÇÃO

  • Chloé Zhao (Nomadland)
  • Emerald Fennell (Bela Vingança)
  • Lee Isaac Chung (Minari: Em Busca da Felicidade)
  • David Fincher (Mank)
  • Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago)

Alts: Regina King (Uma Noite em Miami…) / Darius Marder (O Som do Silêncio)

Algo me diz que, num ano com tantos candidatos negros dirigindo filmes premiados e indicados, não ter nenhum indicado será minimamente polêmico, então Regina King tenta alcançar essa vaga. Conseguirá?

MELHOR ATOR

Alts: Tahar Rahim (The Mauritanian) / Mads Mikkelsen (Druk – Mais uma Rodada)

A verdade é que Tahar Rahim teve uma semana inspirada – foi indicado ao BAFTA e viu seu filme fazer o mesmo. Me falta coragem para apostar contra Gary Oldman (em franca decadência de chances) e deixar a categoria com 4 estreantes em indicações e só um veterano. A notar: que triste o desprezo geral com a magnifica atuação de Delroy Lindo em Destacamento Blood

MELHOR ATRIZ

Alts: Yeri Han (Minari: Em Busca da Felicidade) / Sophia Loren (Rosa & Momo)

Será que Minari ficou tão grande assim a ponto de indicar até a sensível performance de sua protagonista? No entanto, essa é a categoria que me parece mais fechada quanto às indicadas. Já a respeito da vitória, muita coisa pode acontecer ainda…

A Voz Suprema do Blues Oscar 2021 Apostas
A Voz Suprema do Blues

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Alts: Chadwick Boseman (Destacamento Blood) / David Strathairn (Nomadland)

Será que Minari ficou tão grande… parte 2, mas acho essa categoria passível de ocorrer uma surpresa, que seria o primeiro menino indicado ao Oscar de atuação em mais de 20 anos.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Alts: Glenn Close (Era uma Vez um Sonho) / Helena Zengel (Relatos do Mundo)

A categoria mais imprevisível do ano em todas as premiações. Glenn, Helena e até Dominique Fishback (Judas e o Messias Negro) e Ellen Burstyn (Pieces of a Woman) podem surgir e tirar vagas. Em queda livre, Mank é uma incógnita – conseguirá ao menos manter indicações ou nem isso?

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Alts: Mank / Soul

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Alts: First Cow / O Tigre Branco

Quo Vadis Aida Oscar 2020 Apostas
Quo Vadis, Aida?

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Alts: Caros Camaradas! (Rússia) / O Homem que Vendeu sua Pele (Tunísia)

MELHOR ANIMAÇÃO

Alts: Os Croods 2 / Trolls 2

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Alts: As Mortes de Dick Johnson / Boys State

MELHOR FOTOGRAFIA

Alts: Tenet / Minari

O Som do Silêncio
O Som do Silêncio

MELHOR MONTAGEM

Alts: Meu Pai / Minari: Em Busca da Liberdade

MELHOR FIGURINO

Alts: Relatos do Mundo / Os Estados Unidos vs. Billie Holliday

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Alts: Tenet / A Vida Pessoal de David Copperfield

MELHOR TRILHA SONORA

Alts: O Céu da Meia Noite / Blizzard of Souls

Festival Eurovision da Canção
Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars

MELHOR CANÇÃO

Alts: ‘Wuhan Flu’ (Borat: Fita de Cinema Seguinte) / ‘Hear my Voice’ (Os 7 de Chicago)

MELHOR MAQUIAGEM E PENTEADO

Alts: Era uma Vez um Sonho / Uma Invenção de Natal

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Alts: Mank / Aves de Rapina: A Emancipação Fantabulosa de Arlequina

MELHOR SOM

Alts: Relatos do Mundo / Mank

Oscars

Francisco Carbone

Jornalista, crítico de cinema por acaso, amante da sala escura por opção; um cara que não consegue se decidir entre Limite e "Os Saltimbancos Trapalhões", entre Sharon Stone e Marisa Paredes... porque escolheu o Cinema.
Botão Voltar ao topo