Notícias

Oscar 2023: Indicados

As indicações ao Oscar 2023 saíram hoje, e suscitaram mais espantos de ausência do que pelos aparecimentos. O maior número de indicações foi mesmo para Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo, que se torna ainda mais favorito ao Oscar a cada dia que passa – isso é perigoso?, é. Já vimos La La Land e Roma caírem por terra em contextos parecidos. Mas por enquanto é o filme a ser batido. Seu rival, Os Fabelmans, teve 7 indicações, contra as 11 do filme dos Daniels. O segundo lugar ficou empatado com Nada de Novo no Front e Os Banshees de Inisherin, com 9 cada. 

A surpresa mais desagradável foram as esnobadas de Viola Davis e Danielle Deadwyler, respectivamente por A Mulher Rei e Till, que tiveram campanha, indicações e narrativa na temporada inteira, mas ficaram ambas de fora para a entrada de Ana de Armas em Blonde, para a ‘armação de categoria’ Michelle Williams em Os Fabelmans e para a extraordinária virada de Andrea Riseborough em To Leslie, que conseguiu uma indicação em duas semanas de campanha. Porém nada justifica que as duas atrizes negras muito premiadas da temporada não tenham sido sequer indicadas. Em melhor ator, nenhuma grande surpresa; Paul Mescal em Aftersun é a confirmação de que ele estava mesmo no páreo, batendo Tom Cruise. 

Em direção, a aparição de Ruben Östlund deixa claro o amor das pessoas por Triângulo da Tristeza, que também entrou em melhor filme e roteiro. A indicação de Entre Mulheres parece, a essa altura, uma vitória; o filme, que há seis meses atrás parecia uma aposta certa para inúmeras indicações e vitórias possíveis em várias categorias, murchou a tal ponto que suas indicações hoje (filme e roteiro) foram consideradas surpresas para muita gente. Sarah Polley deve conseguir esse Oscar de roteiro, para compensar o fato de que nenhuma mulher foi indicada em melhor direção esse ano, ao contrário dos últimos. 

Apoie o Cenas

Em filme internacional, a supremacia de Nada de Novo no Front é invejável – nenhum outro filme conseguiu ser indicado fora da categoria esse ano. Decerto que a Academia se considera muito moderna por indicar outros filmes internacionalizados, como Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo e Triângulo da Tristeza. Ainda assim, a categoria segue forte, mesmo com a esnobada de Decisão de Partir. Polônia, Irlanda, Argentina e Bélgica venceram concorrências muito acirradas, em um ano histórico para a categoria, onde a pré-lista parecia irretocável. 

Depois da decepção com Marte Um, também não conseguiram indicações em suas categorias Sideral e O Território, que tentavam vagas em curta de ficção e documentário (o segundo, uma co-produção internacional). Fica a certeza de que nossas produções continuam encantando pelo mundo, e que nossas chances precisam ser apoiadas e aplaudidas.

Conheça os indicados ao Oscar 2023. A cerimônia de premiação acontecerá no dia 12 de março.

Melhor filme
Nada de Novo no Front
Avatar – O Caminho da Água
Os Banshees de Inisherin
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans
TÁR
Top Gun: Maverick
Triângulo da Tristeza
Entre Mulheres

Melhor diretor 
Martin McDonagh (Os Banshees de Inisherin)
Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)
Steven Spielberg (Os Fabelmans)
Todd Field (TÁR)
Ruben Östlund (Triângulo da Tristeza)

Melhor atriz
Cate Blanchett (TÁR)
Ana de Armas (Blonde)
Andrea Riseborough (To Leslie)
Michelle Williams (Os Fabelmans)
Michelle Yeoh (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor ator
Colin Farrell (Os Banshees de Inisherin)
Austin Butler (Elvis)
Brendan Fraser (A Baleia)
Bill Nighy (Living)
Paul Mescal (Aftersun)

Melhor atriz coadjuvante
Angela Bassett (Pantera Negra: Wakanda Para Sempre
Hong Chau (A Baleia) 
Kerry Condon (Os Banshees de Inisherin
Jamie Lee Curtis (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Stephanie Hsu (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor ator coadjuvante
Brendan Gleeson (Os Banshees de Inisherin
Brian Tyree Henry (Passagem
Judd Hirsch (Os Fabelmans)
Barry Keoghan (Os Banshees de Inisherin
Ke Huy Quan (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo

Melhor roteiro original
Os Banshees de Inisherin
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans
TÁR
Triângulo da Tristeza

Melhor roteiro adaptado
Nada de Novo no Front
Glass Onion: Um Mistério Knives Out
Living
Top Gun: Maverick
Entre Mulheres

Melhor fotografia
Nada de Novo no Front
Bardo, Falsa Crônica de Algumas Verdades
Elvis
Império da Luz
TÁR

Melhor desenho de produção
Nada de Novo no Front
Avatar – O Caminho da Água
Babilônia
Elvis
Os Fabelmans

Melhor figurino
Babilônia
Pantera Negra: Wakanda Para Sempre
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Sra. Harris Vai a Paris

Melhor maquiagem e cabelo
Nada de Novo no Front
Batman
Pantera Negra: Wakanda Para Sempre
Elvis
A Baleia

Melhor edição
Os Banshees de Inisherin
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
TÁR
Top Gun: Maverick

Melhor som
Nada de Novo no Front
Avatar – O Caminho da Água
Batman
Elvis
Top Gun: Maverick

Melhor trilha sonora
Nada de Novo no Front
Babilônia
Os Banshees de Inisherin
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans

Melhor canção original
“Applause”, de Tell It Like a Woman, música e letra de Diane Warren
“Hold my hand”, de Top Gun: Maverick, música e letra de Lady Gaga e Bloodpop
“Lift me up”, de Pantera Negra: Wakanda Para Sempre, música de Tems, Rihanna, Ryan Coogler e Ludwig Goransson, letra de Tems e Ryan Coogler
“Naatuu Naatu”, do filme RRR – Revolta, Rebelião, Revolução, música de M.M. Keeravaani, letra de Chandrabose
“This is life”, de Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo, música de Ryan Lott, David Byrne e Mitski, letra de Ryan Lott e David Byrne

Melhor filme internacional
Nada de Novo no Front
Argentina, 1985
Close
EO
The Quiet Girl

Melhor documentário
Tudo o que Respira
All the Beauty and the Bloodshed
Vulcões: A Tragédia de Katia e Maurice Krafft
A House Made of Splinters
Navalny

Melhor animação
Pinóquio (de Guillermo del Toro)
Gato de Botas 2: O Último Pedido
Marcel the Shell With Shoes On
A Fera do Mar
Red: Crescer é uma Fera

Melhor curta live-action
An Irish Goodbye
Ivalu
Le Pupille
Night Ride
The Red Suitcase

Melhor curta documental
The Elephant Whisperers
Haulout
How Do You Measure a Year?
O Efeito Martha Mitchell
Stranger at the Gate

Melhor curta de animação
O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo
The Flying Sailor
Ice Merchants
My Year of Dicks
An Ostrich Told Me the World Is Fake and I Think I Believe It

Melhores efeitos visuais
Nada de Novo no Front
Avatar – O Caminho da Água
Batman
Pantera Negra: Wakanda Para Sempre
Top Gun: Maverick

Francisco Carbone

Jornalista, crítico de cinema por acaso, amante da sala escura por opção; um cara que não consegue se decidir entre Limite e "Os Saltimbancos Trapalhões", entre Sharon Stone e Marisa Paredes... porque escolheu o Cinema.
Assinar
Notificar
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver comentário
Botão Voltar ao topo